Polícia boliviana prende "atravessador" e recupera moto roubada em Campo Grande

Rosana Nunes em 09 de Maio de 2018

Divulgação/Polícia Militar

Indivíduo de 18 anos disse que foi contratado em Campo Grande para atravessar moto roubada para a Bolívia

Policiais da Diprove (Direção de prevenção a roubo de veículos) de Puerto Suárez, cidade boliviana da Província de German Busch, que faz fronteira com Corumbá, recuperaram uma motocicleta roubada em Campo Grande e prenderam indivídio de 18 anos que iria entregar o veículo a um receptador naquele país. 

O caso aconteceu na tarde de terça-feira (08). Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Militar corumbaense, os policiais bolivianos desconfiaram da atitude do brasileiro e depois da abordagem, no pedágio da fronteira, constataram que a placa da motocicleta que ele conduzia havia sido adulterada com fita adesiva. 

A equipe da Diprove entrou em contato com a central 190 da Polícia Militar de Corumbá, que ao checar as informações passadas, confirmou que a motocicleta foi roubada no dia 04 de maio deste ano, em Campo Grande, capital sul-mato-grossense. O piloto e a moto foram, então, entregues pela polícia boliviana à patrulha comunitária da PM. 

Já em território brasileiro, o indivíduo preso disse que receberia 500 reais para trazer a moto da Capital para a Bolívia. Afirmou que pegou o veículo na noite de segunda-feira (07), no bairro Moreninhas e depois seguiu viagem para a fronteira. Logo que chegasse à Bolívia, iria procurar o receptador, que "encomendou" a moto, mas foi pego antes pela Diprove. Ele foi levado para a Delegacia de Polícia Civil, juntamente com a moto recuperada. 

PUBLICIDADE