Acadêmicos do Pantanal inicia desfile em homenagem aos 60 anos da Império

Rosana Nunes em 12 de Fevereiro de 2018

Já na madrugada desta segunda-feira (12), o Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos do Pantanal inicia seu desfile. O enredo 2018 da escola cujo símbolo é o Tuiuiú faz uma homenagem às seis décadas de história da agremiação fundada pelo casal Venância e José Duarte que, na voz do povo, eram Dona Vena e Chá Ana. Carinhosamente chamada de “A Verde e Rosa de Corumbá” em referência às cores de seu pavilhão, a Império do Morro formou uma legião de foliões fervorosos ao longo do tempo.

“É uma ideia que há pelo menos dois anos vínhamos preparando para fazer essa homenagem. Com os 60 anos de criação, achamos a oportunidade para homenagear. Desenvolvemos um enredo muito bonito, as coisas são simples, mas bonitas”, garantiu a carnavalesca Jackelyny Pazzolyny.

A Acadêmicos é a quarta agremiação a desfilar. 

Grêmio Recreativo Escola de Samba "Acadêmicos do Pantanal"

Fundação: 25/07/2001

Presidente: Fernando Willian da Costa

Cores: verde, amarelo, azul e branco

Carnavalesco: Jackelyny Pazzolyny

Enredo: “A Pantanal é Verde e Rosa e Celebra um Amor Além do Carnaval”

Compositores do samba-enredo: Nino Smith e Adelmo Luiz

Intérprete: Levy Kelmo

Número de componentes: 850

Número de alas: 13

Número de carros alegóricos: 05

Componentes da bateria: 90

Porta-bandeira: Lúcia Baruki

Mestre-sala: Márcio

Rainha da bateria: Carol Duarte

Mestre de bateria: Igor Medeiros

Local de ensaios: Rua Joaquim Venceslau de Barros, 1100, bairro Aeroporto

Colocação em 2017:  3ª colocada no grupo de Acesso, com 157,1 pontos

Ordem de desfile em 2018: 4ª a desfilar no dia 11/02 (domingo)

 

GRES Acadêmicos do Pantanal

Samba-enredo: "A Pantanal é Verde e Rosa e Celebra um Amor Além do Carnaval”

Autores: Nino Smith e Adelmo Luiz

Descendo o morro eu já posso imaginar...

A alegria do Rei...

É ver a porta-bandeira a girar.

Num gesto da mais alta nobreza,

A Academia vem te homenagear

Herdeiros da cultura popular

Unindo as nossas paixões

Para a vitória alcançar

 

Pode aplaudir,

Jogar confetes e serpentinas.

Nos salões sou pierrô e você a colombina

A festa é nossa, a festa é sua...

Apaixonados no meio da rua...

 

Não deixa o samba morrer...

A esperança é você...

No voar do Tuiuiú revivendo a história

Sessenta anos de glória.

Orgulho dos nossos sambistas, revelando talentos, artistas

Dos fundadores às novas gerações

No girar da Coroa, surgem novos campeões

A cada enredo, a cada melodia.

Reflete a nossa emoção

Lá do céu a iluminar...

Dona Venância e uma constelação.

 

Nessa avenida soltar o grito da garganta

É o que eu mais quero...

Me dá licença...

Hoje eu sou Império.

Se o morro foi feito de samba, se o samba é pra gente se amar...

 

Quando a Pantanal passar

Não se acanhe em chorar...

Somos Verde e Rosa

Deixa o povo cantar

Saiba mais

14/02/2018 Campeã, Liesco e Prefeitura já miram no carnaval 2019

14/02/2018 Mocidade da Nova Corumbá se consagra campeã com enredo sobre o povo cigano

13/02/2018 Em 6 décadas de folia, Império do Morro não poupou luxo para homenagear carnavalesco

13/02/2018 Império do Morro encerra desfile celebrando 60 anos de fundação

13/02/2018 Imperatriz faz voz do "garganta de ouro" do Pantanal ecoar na passarela do samba

13/02/2018 Imperatriz homenageia Durvalino, o "garganta de ouro" do Pantanal

13/02/2018 Superando problemas, Unidos da Vila Mamona trouxe o medo para a passarela do samba

12/02/2018 Vila Mamona traz para a avenida enredo sobre o medo

12/02/2018 Festejando os 30 anos de carnaval, Marquês de Sapucaí prova que tem orgulho de sua história

12/02/2018 Marquês de Sapucaí comemora 30 anos de fundação

12/02/2018 Estação Primeira fez da passarela do samba palco para a dança de Ana Paula Honório

12/02/2018 Presidente da Liesco avalia grupo único como estímulo para as escolas de samba

12/02/2018 Estação Primeira inicia desfile e homenageia bailarina

12/02/2018 Caprichosos debocha da ambição em forma de protesto contra momento que país vive

12/02/2018 Caprichosos protesta contra a corrupção com bom humor

12/02/2018 Acadêmicos do Pantanal reverenciou escola de samba mais tradicional de Corumbá

12/02/2018 A Pesada emocionou com poder do amor e da gratidão pela Cidade Dom Bosco

11/02/2018 Terceira a desfilar, A Pesada traz a Cidade Dom Bosco para a avenida

11/02/2018 Com magia e força do povo cigano, Mocidade encanta entoando “Optchá”

11/02/2018 Começa o desfile da "caravana da alegria" da Mocidade da Nova Corumbá

11/02/2018 Entre arte, fé e festas populares, Major Gama reverenciou Tanabi na passarela do samba

11/02/2018 Major Gama vem para a avenida reverenciar ativista cultural Tanabi

11/02/2018 Corte de Momo abre o primeiro dia de desfile das escolas de samba de Corumbá

11/02/2018 Esplendor do Samba vai premiar escolas em onze quesitos e melhor apresentação

PUBLICIDADE