Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
19 de Setembro de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

LEC faz vistoria no Arthur Marinho e quer definir administração conjunta com o Corumbaense

Ricardo Albertoni em 27 de Dezembro de 2017

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Representantes da LEC e da Prefeitura durante vistoria no estádio hoje pela manhã

Na manhã desta quarta-feira, 27 de dezembro, representantes da Prefeitura de Corumbá e da LEC (Liga de Esportes de Corumbá), dona do estádio Arthur Marinho, e a partir de hoje atual administradora da praça esportiva, realizaram vistoria nas instalações. O procedimento foi solicitado pelo presidente da entidade esportiva, Leôncio Ribeiro Raldes, antes da assinatura do documento que formaliza a entrega.

De acordo com representante da assessoria jurídica da Prefeitura, José Carlos Macena de Britto Júnior, devido ao procedimento, que embora já pudesse ter sido realizado anteriormente, a assinatura do documento acabou sendo adiada para às 15h30 desta quarta, na Prefeitura de Corumbá.

“Toda a entrega de um imóvel é baseada em uma vistoria. A Prefeitura fez a dela através de sua equipe de engenharia e eles (LEC) fizeram a vistoria deles nesta manhã. Eles querem formalizar no papel alegando que existem algumas pendências, algumas reformas que serão apresentadas hoje à tarde e por isso estamos adiando para às 15h30 no gabinete do prefeito. Eles vão apresentar a situação e vamos fazer o estudo juntamente com nossos engenheiros sobre a viabilidade. Algumas coisas já estão sendo executadas como o conserto do telhado, entre outras, mas a entrega será realizada hoje às 15h30”,  afirmou o advogado.

Luz no fim do túnel

Um dos principais interessados na resolução do imbróglio, o presidente do Corumbaense Futebol Clube, Luiz Bosco Delgado, esteve  no estádio e conversou ainda no gramado com o presidente da LEC. O clima ficou tenso, houve discussão, mas depois de um tempo, mais calmos e com a intermediação de membros da diretoria atual da Liga e do ex-presidente da LEC, Cecílio Airton da Silva, o "Bolão", conversaram e agendaram reunião ainda esta semana.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Clima chegou a ficar tenso, mas ex-presidente da LEC, Bolão (primeiro à direita) intermediou conversa entre Bosco (centro) e Raldes (de camisa listrada)

Depois da segunda conversa, o presidente do Corumbaense, que inicialmente tinha se mostrado muito nervoso e pessimista em relação ao futuro do clube em 2018, viu uma "luz no fim do túnel". Ele havia explicado que já tinha encaminhado uma proposta para a LEC, mas que acabou não sendo aceita e que um dos empecilhos é a dificuldade de diálogo com a Liga, o que aparentemente deve ser resolvido.

Ao Diário Corumbaense , o presidente da LEC,  Leôncio Ribeiro Raldes, confirmou que o encontro entre a Liga e o Corumbaense deve acontecer ainda esta semana. Segundo o presidente, a intenção é que a Liga e o clube cheguem a um acordo sobre a administração do estádio em conjunto. Embora ainda não exista confirmação sobre a data e horário da reunião, Bosco e Raldes demonstraram confiança sobre um acordo.

O Corumbaense vai participar, em 2018, além do Estadual de Futebol, de três competições nacionais: a Copa do Brasil, a Copa Verde e o Brasileiro da Série D

Entenda

A "novela" vinha se arrastando há alguns meses e chegou ao fim. O então prefeito Ruiter Cunha, falecido em 1º de novembro deste ano, encaminhou à LEC o pedido formal de doação do Arthur Marinho ao Município no dia 27 de setembro, durante reunião com a diretoria da Liga e representantes dos  clubes associados. Ele entregou ao presidente da entidade, Leôncio Ribeiro Raldes, ofício que esclarecia sobre o impedimento legal da prorrogação do convênio, de acordo com a lei federal número 13.019/2014.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Estádio Arthur Marinho era administrado pela Prefeitura desde 2007; com fim de convênio, praça esportiva volta para a gestão da LEC

Além dos esclarecimentos acerca da inviabilidade da realização de intervenções no estádio sem que o local seja incorporado ao patrimônio municipal, o documento lembrou dos esforços realizados desde 2007 que tornaram o palco do bicampeonato do Corumbaense Futebol Clube, um dos estádios mais seguros e modernos de Mato Grosso do Sul.

No entanto, em reunião do Conselho Deliberativo da LEC, no dia 03 de outubro, por 7 votos a 5, os dirigentes de clubes filiados à Liga e com direito a voto, não aprovaram a doação. Desde então, a Prefeitura anunciou que devolveria a administração da praça esportiva à LEC.

Com o fim do convênio e por determinação legal, tudo que foi adquirido pela Administração Municipal durante os dez anos de gestão, retornou ao patrimônio da Prefeitura. Aparelhos de ar-condicionado, maca móvel, cortador de grama, colchões, mesas, extintores de incêndio, móveis e o placar eletrônico foram retirados do estádio. O que a lei permitiu, como os assentos da arquibancada coberta, permaneceram.

 

Saiba mais

04/01/2018 Corumbaense e LEC assinam contrato e Arthur Marinho será a casa do Carijó em 2018

03/01/2018 Após idas e vindas, Corumbaense e Liga de Esportes fecham acordo sobre Arthur Marinho

03/01/2018 Dirigentes chegam a um consenso e Corumbaense vai jogar competições no Arthur Marinho

01/01/2018 LEC afirma que propostas do Corumbaense "não atendem" as necessidades da liga

31/12/2017 Ex-presidente da FFMS e do Corumbaense entra na "briga" para que time jogue no Arthur Marinho

31/12/2017 Sem acordo, Corumbaense vai pedir à Prefeitura ação judicial para retomar Arthur Marinho

27/12/2017 Prefeito entrega chaves de estádio e torce por entendimento entre LEC e Corumbaense

26/12/2017 Convênio chega ao fim e presidente da LEC não aparece para receber chaves do Arthur Marinho

22/12/2017 Prefeitura inicia processo de entrega da administração do Arthur Marinho à LEC

13/12/2017 Construção de estádio não vai tirar recursos de outras áreas, explica prefeito

13/12/2017 Arthur Marinho será entregue com laudos em dia e em condições de receber jogos, diz Marcelo Iunes

29/11/2017 Com devolução do Arthur Marinho, prefeito determina estudos para construção de estádio municipal

06/10/2017 Após decisão da LEC, Prefeitura confirma entrega da gestão do Arthur Marinho em dezembro

04/10/2017 Maioria dos clubes filiados à LEC decide não doar estádio Arthur Marinho à Prefeitura

28/09/2017 Prefeitura oficializa pedido de doação do Arthur Marinho e aguarda decisão da LEC

18/08/2017 Ainda sem acordo com a LEC, Prefeitura já estuda antecipação da entrega do Arthur Marinho

09/08/2017 LEC ainda não se posicionou sobre municipalização do estádio Arthur Marinho

07/07/2017 Prefeitura precisa de parceiros para garantir adequação do estádio Arthur Marinho

Ações e Compartilhamento
Comentários:

José Mendes: O Corumbaense tem um clube que muitos gostariam de se associar. No entanto não consegue nem fazer a reforma das quadras externas, abrir espaço para a sociedade. Credenciando, é claro. Pelo amor de Deus. Está parecendo as escolas de samba que fica só esperando da prefeitura. Chega disso.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE