Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
24 de Junho de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Corumbaense “bom no papel” se confirma, vence fácil amistoso e empolga torcedores

Ricardo Albertoni em 21 de Dezembro de 2017

Fotos: Ricardo Albertoni/Diário Corumbaense

“Galo” dominou o União/ABC de Campo Grande durante toda a partida e venceu fácil pelo placar de 2 a 0

Causou boa impressão o primeiro jogo do Corumbaense, após a conquista do título estadual de 2017. Entre novos atletas e conhecidos dos torcedores, o elenco mostrou na noite de quarta-feira (20) que não tem uma das melhores equipes de Mato Grosso do Sul apenas no papel. O “Galo” dominou o União/ABC de Campo Grande durante toda a partida e venceu fácil pelo placar de 2 a 0, em amistoso disputado no estádio Arthur Marinho.

O resultado poderia ter sido ainda mais elástico, já que o “Alvinegro Pantaneiro” desperdiçou chances de gol e um pênalti aos 16 minutos do primeiro tempo. O time demonstrou intensidade ofensiva e obediência tática. Marcação agressiva e compactação fizeram com que o União/ABC quase não tivesse chances durante a partida. O time foi aplaudido no intervalo e no fim da partida.

Uma equipe que vai disputar quatro competições, três delas de nível nacional, tem que ter elenco. Isso ficou evidente durante o intervalo quando o técnico Douglas Ricardo trocou praticamente todos os jogadores e a equipe continuou com a mesma característica da etapa inicial. Toque de bola, inversão de jogo e infiltração puderam ser observados, mas, os dois gols marcados após escanteios, mostram que o time também tem a bola parada como alternativa para os jogos mais difíceis. O volante Igor Pimentel fez de cabeça no primeiro tempo depois de escanteio batido por Da Matta, e o meia Agnaldo fechou o placar na segunda etapa, também de cabeça.

Time mostrou que não tem um dos melhores elencos de Mato Grosso do Sul apenas no papel

Ao Diário Corumbaense, o treinador Douglas Ricardo disse que ficou satisfeito com o desempenho do time, mas afirmou que ainda há muito o que ajustar antes do início das competições, em janeiro.

“É o que queremos, um time compacto. Hoje a gente testa o time todo, todos têm que defender, atacar, por isso que a gente quer a equipe compacta e eles fizeram bem.  Vamos enfrentar adversários difíceis, fechados, mas eu gostei muito, é o que o futebol hoje pede e estamos no caminho certo. Claro que tem muito a acrescentar, muito a melhorar, mas acho que para início está bom, estou satisfeito”, analisou o treinador.

O time profissional trabalha até esta sexta-feira, 22 de dezembro e sai de recesso até o dia 28. Após essa data, os treinamentos serão retomados até o início das competições.

De acordo com as tabelas, o Corumbaense encara o Ceilândia no estádio Arthur Marinho no dia 21 de janeiro pela Copa Verde; pelo estadual, no dia 28 deve enfrentar o Urso em Mundo Novo e pela Copa do Brasil vai enfrentar no dia 31 de janeiro o ASA de Arapiraca, no Arthur Marinho.

Marcelo Iunes, dona Beatriz e o filho Rodrigo, durante homenagem ao falecido prefeito Ruiter Cunha

Troféu Ruiter Cunha e homenagem

No início do jogo, diante dos jogadores, o prefeito Marcelo Iunes entregou uma homenagem à Beatriz Cavassa e Rodrigo Cavassa, viúva e filho do ex-prefeito Ruiter Cunha de Oliveira, falecido em novembro deste ano. Iunes lembrou da contribuição de Ruiter para o crescimento do futebol da região e reafirmou apoio ao time durante as competições. A ex-primeira-dama agradeceu a homenagem e desejou sorte ao elenco na próxima temporada. No fim do jogo, o time vencedor recebeu premiação simbólica denominada Taça Ruiter Cunha de Oliveira.

O prefeito Marcelo Iunes, torcedor de alambrado do Corumbaense, falou sobre a expectativa para a próxima temporada. “Esperamos que briguem pelo tri estadual, façam boas participações na Copa do Brasil, Copa Verde e se apresentem bem na Série D e se Deus quiser, se classifiquem para a Série C em 2019. A Prefeitura segue ajudando. Parabenizo e agradeço os vereadores que aprovaram uma emenda para destinação de recursos para que a gente possa apoiar o Corumbaense a disputar todas essas competições em 2018”, disse Iunes a este Diário.

Sub-19

No jogo preliminar, o Corumbaense teve uma pedreira pela frente. Os meninos do “Carijó da Avenida” encararam uma seleção de jogadores do futebol local que acabou proporcionando um teste complicado para a equipe que vai disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior, em janeiro.

Equipe de juniores do Corumbaense que vai disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior enfrentou uma seleção formada por atletas de Corumbá

Com atletas como Tuia (que marcou o gol da partida), Ló, Cacalo e Basílio, a Seleção dificultou a saída de bola do Corumbaense e pressionou o time grande parte do jogo. O treinador Mauro Marino explicou que o gol sofrido ainda no primeiro tempo após Tuia aproveitar uma rebatida dentro da área, fez com que a equipe saísse e com isso, correu riscos de contra-ataque, mas criou chances de gol. A meta agora é corrigir os erros e principalmente focar na competição de nível nacional que deve começar no dia 04 de janeiro.

“A preocupação nossa não é o resultado nesse primeiro momento. É fortalecer o que temos de ideia de jogo para os meninos. Tivemos que sair daquilo que temos como proposta de jogo que é esperar o adversário, já pensando no Corinthians. A Copa São Paulo é uma das maiores competições de base, quem sabe do mundo, e temos que nos preparar para jogar essa competição. Agora é esquecer o legado do Campeonato Estadual e saber que vamos jogar com equipes de alto nível, então, é tirar o 'chip' do estadual e colocar o de uma competição de calendário nacional que é muito diferente”, analisou o treinador.

O time de juniores não terá recesso nesse fim de ano. Os jogadores terão um repouso programado no dia 25 e retomarão os treinamentos até a estreia na Copinha, que vai acontecer no dia 04 de janeiro, contra o Corinthians.

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE