Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
24 de Abril de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Presidente do PSDB diz que partido se fortalece e defende nome de ex-primeira-dama para a Assembleia

Rosana Nunes e Lívia Gaertner em 20 de Dezembro de 2017

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Beto Pereira diz que PSDB conduz política partidária na direção da reeleição de Reinaldo

Um dos mais recentes cidadãos de Corumbá, depois do título entregue pela Câmara Municipal em solenidade na última sexta-feira, 15 de dezembro, o deputado estadual Beto Pereira (PSDB) conversou com o Diário Corumbaense sobre o cenário político de Mato Grosso do Sul. O parlamentar lembrou que o ano que se aponta traz consigo um momento bastante significativo para o País na esfera política, onde acredita que o PDSB vem fortalecendo sua presença dentro do território sul-mato-grossense.

“O partido inicia novo processo em 2018, que é o processo eleitoral mais importante, onde vai ser escolhido o presidente da República, o governador, os senadores, a bancada federal e também os deputados estaduais. Isso é uma responsabilidade muito grande, tendo em vista que o PSDB foi o partido que mais se fortaleceu em Mato Grosso do Sul, que detém o maior número de vereadores, o maior número de prefeitos, a maior bancada na Assembleia Legislativa com dois deputados federais e o governador e a vice. Sendo assim, o partido tem um compromisso muito grande em pavimentar ainda mais o caminho para sair mais fortalecido ainda do pleito de 2018”, avaliou.

Beto Pereira esclareceu que, apesar da grande insatisfação demonstrada pela população diante da atuação política de forma geral, o PSDB vem sendo um diferencial na forma de  conduzir a gestão pública. “A grande missão que nós temos como dirigente partidário, como agente partidário, é justamente fazer com que chegue até a população a forma responsável do PSDB de governar, as políticas públicas que estão dando certo e que nós estamos vivendo um momento de reconstrução, não de uma política de governo, mas sim de uma política de estado e que o PSDB é fundamental para a construção sólida dessa política”, afirmou ao atentar para que, dentro desse pensamento, a reeleição do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) faz-se essencial.

O governador deu uma declaração no dia da convenção que ele vai falar de eleição após o carnaval, mas dentro do partido nós falamos de Política e estamos conduzindo a política partidária na direção da reeleição do governador Reinaldo Azambuja. É o fortalecimento do partido para que esse projeto seja vitorioso”, declarou.

Ainda sobre o cenário da disputa estadual que se aponta com nomes sendo colocados como potenciais candidatos, como o do ex-juiz federal Odilon de Oliveira (PDT) e do ex-governador André Puccinelli (PMDB), Beto Pereira diz confiar no currículo apresentado pelo governador Reinaldo Azambuja que assumiu MS num dos momentos mais delicados do país, onde uma crise política e econômica, trouxe reflexos ruins, mas que Azambuja soube contornar e colocar o Estado num rumo da recuperação.

Eleição é um currículo, quando a gente escolhe um candidato, estamos escolhendo alguém para que durante um período de quatro anos, trabalhe em prol da população. Quando você observa o currículo, você não olha apenas os títulos, não olha apenas realizações, não olha apenas o passado. Você olha também a experiência, o legado, o momento, o que aquela pessoa já teve de vivência administrativa, como ela se comporta em um momento de crise onde você tem que enfrentar as dificuldades, onde você tem que fazer ajustes, cortar da própria carne para fazer com que o Estado caminhe nos trilhos, então, essa avaliação, eu tenho certeza que no momento certo a população vai saber fazer de cada um dos candidatos e eu não tenho dúvida nenhuma de nesse momento, quando o currículo do governador Reinaldo Azambuja for avaliado perante os demais que vierem, ele será 'ungido' para a sua reeleição, tendo em vista as grandes realizações que estão sendo deixadas, para, não um governo, mas para o Estado de Mato Grosso do Sul”, avaliou.

Ricardo Albertoni/Diário Corumbaense

Presidente do Diretório Regional do PSDB defende possível candidatura de Beatriz Cavassa

Prefeito no PSDB e candidatura de ex-primeira-dama

Já sobre a cidade que o acolheu como cidadão, Corumbá, o parlamentar não deixou de mencionar a grande perda ocorrida com a morte do ex-prefeito Ruiter Cunha de Oliveira e a confiança depositada em Marcelo Iunes, vice que assumiu o cargo de prefeito devido à fatalidade.

“Em primeiro lugar, todos nós lamentamos a morte, a perda prematura de uma grande liderança que o PSDB tinha, que era o prefeito Ruiter. Uma pessoa amável, com uma história de vida, com um legado para a população de Corumbá e para todo o Mato Grosso do Sul. Em segundo lugar, em relação ao Marcelo Iunes, nós tivemos a grata participação dele durante a nossa convenção estadual e publicamente fizemos a ele um convite para que pudesse ingressar ao PSDB, seria um quadro que nos orgulharia e que traria muita felicidade ao partido receber o prefeito Marcelo Iunes para a agremiação política que hoje comandamos. Esse convite foi feito por mim, foi feito pelo governador”, contou. Iunes ainda não decidiu sobre a possibilidade de migrar para o ninho tucano.

Com relação ao desejo que toma conta da população corumbaense, que é voltar a ter representatividade na Assembleia Legislativa, Beto Pereira diz ser esse um sentimento legítimo e que vê com bons olhos o nome de Beatriz Cavassa de Oliveira, a dona Bia,   viúva do ex-prefeito Ruiter, para disputar uma das vagas no Legislativo estadual.

“Vejo que existe hoje um sentimento que aflora da necessidade de um representante de Corumbá na Assembleia Legislativa. Esse sentimento é latente, é pelo tamanho e pela expressão da região, todo um território que precisa ter uma representação efetiva de um parlamentar dentro da Assembleia Legislativa e isso deixa com certeza de certa forma, frustrada. Com isso, surgem diversas especulações e eu vejo que a possível candidatura da 'dona Bia' passa por uma decisão pessoal dela, mas ela é uma mulher preparada, uma mulher que nunca viveu à sombra do marido, sempre se colocou de uma forma independente, se posicionando, participando; É uma mulher que tem um preparo e um intelectual próprios, que consegue discutir os mais diversos temas, sendo eles na área de Educação, na área da Saúde, na área do Social, fazendo com que toda a região pantaneira possa estar bem representada. Ela não é a 'esposa do Ruiter', a dona Bia é uma pessoa que tem personalidade própria e tem toda capacidade para bem representar a população de Corumbá. Seria não uma boa candidata, seria uma boa deputada para Corumbá, isso não tenho dúvida”, disse o deputado, que em 2018 pretende concorrer a uma das oito vagas na Câmara Federal.

Já o governador Reinaldo Azambuja, que cumpriu agenda em Corumbá nesta quarta-feira (20), declarou que, após a eleição de 2016, ficou decidido que Marcelo Iunes, então vice-prefeito, seria o candidato apoiado pelo grupo político. "Mas com a perda do Ruiter, o próprio Marcelo conversou comigo sobre a dona Beatriz. Só que candidatura é algo muito pessoal e envolve toda uma conjuntura. Porém, é algo que nos encanta muito. Se a dona Bia resolver colocar o seu nome para ser apreciado pela população de Corumbá e outros municípios, vamos apoiar. Eu mesmo já a convidei em conversas telefônicas, mas é o momento de reflexão para ela e a família. Tenho certeza que é um nome que daria muita representatividade para Corumbá e à memória do Ruiter", concluiu. 

Ações e Compartilhamento
Entre em contato com o autor
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE