Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
12 de Dezembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Com anel preso ao dedo, rapaz pede ajuda em quartel dos bombeiros

Ricardo Albertoni em 06 de Dezembro de 2017

Divulgação/Bombeiros

Militares precisaram utilizar equipamento mini retífica para a retirada do acessório

Rapaz de 18 anos solicitou ajuda no quartel do Corpo de Bombeiros Militar de Corumbá para a retirada de um anel que estava preso ao seu dedo. Os militares precisaram utilizar equipamento mini retífica, usado em trabalhos que exigem corte de precisão, para a retirada do objeto com segurança do membro que apresentava inchaço.

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE