Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
12 de Dezembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Chuva: novembro fecha com 135% a mais que média histórica em MS

Da Redação com Campo Grande News em 30 de Novembro de 2017

No mês de novembro choveu 4.275 milímetros em Mato Grosso do Sul. O número representa um aumento de 135% do que o mesmo período do ano passado em que foi registrado 1.825 milímetros. Na Capital, o fenômeno atingiu a marca histórica de 273,8 milímetros superando o esperado que era 206,5. 

Conforme o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul) quem lidera o ranking do município onde mais choveu é Cassilândia com 322,6 milímetros, 81% a mais do que era esperado. Os moradores de Coxim – a 260 quilômetros devem ficar em alertas devido ao nível do rio Taquari que subiu por conta da chuva.

Ainda segundo, o Centro de Monitoramento o sul-mato-grossense deve continuar com o guarda-chuva a postos, pois a previsão é de mais água no mês de dezembro.

Segundo a coordenadora técnica do Cemtec, Franciane Rodrigues, já são esperados 125 milímetros de chuva no começo na primeira semana no Estado. “Não se descarta condições de tempo severo como chuva forte, trovoadas e rajadas de vento entre 60 a 100 quilômetros por hora. Ainda é esperado que no geral, dezembro ultrapasse a média histórica em grande parte das regiões do Estado”, detalha a meteorologista.

Em Corumbá, segundo dados dos pluviômetros do Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais, em novembro, a média de chuva ficou em 129,4 milímetros. As estações funcionam nas escolas municipais Almirante Tamandaré e Luiz Feitosa Rodrigues. 

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Tarde de quinta-feira chuvosa em Corumbá

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE