Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
17 de Agosto de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

O inimigo mora dentro de casa

Da Redação em 27 de Novembro de 2017

Premeditar, executar e fugir. Parece coisa de cinema e já foi manchete do noticiário nacional, mas ninguém imaginava que pudesse acontecer aqui, nesta cidade tão calma, tão pacata, tão ungida. Aconteceu, virou notícia e causou comoção. A filha, junto com o namorado, matou padrasto e mãe e enterrou os corpos na varanda da casa, depois, como se nada tivesse acontecido, vendeu os eletrodomésticos da residência e fugiu com o namorado. 

Por que?

Nem o tal do Freud explica, mas uma coisa é certa, não tem coração, não tem amor, não tem Deus. E quando falta tudo isso, até mesmo pai e mãe correm perigo e podem ser as primeiras vítimas. E quando falta tudo isso a frieza é tanta, mas tanta que a pessoa enterra os corpos, leva uns dias vendendo os pertences e ainda vai embora sorrindo. Macabro, muito macabro.

Fora daqui

Já aconteceram crimes assim e o dinheiro dos pais foi a motivação, altas somas que poderiam enriquecer o casal. Neste caso, os pais pobres, não tinham dinheiro, a venda dos eletrodomésticos rendeu pouco mais de mil reais. Não adianta ficar tentando encontrar uma resposta porque não vai ter. 

Ressocialização

Depois que forem presos, porque devem ser, os dois irão para a cadeia para se ressocializar, ou seja, virar gente de novo. Após alguns anos sairão da prisão para viver felizes para sempre como dois pombinhos apaixonados. A pergunta é: alguém vai ter coragem de viver socialmente com eles?

Bolsonaro na frente

Estaria mesmo Bolsonaro na frente de Lula na corrida presidencial como foi alardeado no final de semana? 

Pode até ser

Mas há que se tomar cuidado com as pesquisas divulgadas sem o nome do instituto e sem os devidos registros. Esteja quem estiver na liderança, sem partidarismo, essa história de enganar o eleitor com falsos resultados de pesquisas é coisa do passado.

Fora da disputa

Por seu lado o apresentador de televisão Luciano Huck anunciou que não será candidato à presidência da República. Dono de um dos maiores salários da televisão brasileira, em torno de R$ 2 milhões por mês, Huck deve ter pensado bem onde é que estava se metendo. Muito embora ele também figure como provável candidato a vice na chapa de Joaquim Barbosa. 

Semana decisiva

Para o PMDB de Mato Grosso do Sul a semana deve ser muito movimentada. Depois do episódio que levou para a cadeia o ex-governador André Puccinelli, que assumiria o partido e era o nome potencial para a disputa do governo no ano que vem, a sigla adiou a convenção que agora será realizada no sábado, 02 de dezembro. 

Resta saber

Se o PMDB mantém Puccinelli ou se vai tirar o status do ex-governador e colocar outra pessoa na presidência do partido e lançar outro nome para o Governo do Estado. Muita água vai rolar debaixo dessa ponte até sábado.

(*) Detalhe é uma coluna de opinião do Diário Corumbaense que aborda os mais variados assuntos. 

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE