Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
12 de Dezembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Dois são presos acusados de matar peão em fazenda de Corumbá

Rosana Nunes em 25 de Novembro de 2017

Dois homens foram presos pela Polícia Militar de Corumbá na tarde deste sábado (25) acusados de envolvimento na morte do trabalhador rural Odirlei Antônio de Moura, de 37 anos, ocorrida entre a noite de sexta-feira (24) e madrugada deste sábado.

Divulgação/PM

PM prendeu dois dos três acusados de envolvimento no crime

Valdir de Souza Rodrigues, de 21 anos, e Jorge Henrique Modesto de Arruda, de 32 anos, trabalhavam com a vítima na fazenda Santa Rosa, localizada na MS-454, na estrada que dá acesso a Forte Coimbra. O delegado plantonista da Polícia Civil, Sam Ricardo Suzumura, informou ao Diário Corumbaense que um terceiro envolvido está foragido e foi identificado como Joemir Arruda da Cruz, de 27 anos, irmão de Jorge.

Odirlei teria se envolvido em duas discussões fúteis enquanto ingeria bebida alcoólica com os acusados. A primeira teria sido com Jorge, quando ambos se diziam melhor que o outro como campeiro. Na segunda situação, o peão teria falado mal da mulher de Valdir.

A vítima foi morta a facadas no alojamento da fazenda e levou pelo menos sete golpes, que atingiram o tórax, braço, pescoço e peito. Os três acusados fugiram  após o crime, mas dois deles foram presos pela Força Tática da Polícia Militar em uma estrada já distante da propriedade. Eles tentaram fugir entrando pela mata, porém, os policiais conseguiram capturá-los. Valdir carregava uma mala com roupas e com Jorge, foi encontrada a faca que teria sido usada no homicídio. Ela estava com marca de sangue. A dupla foi levada para a Delegacia de Polícia Civil, onde deve ser autuada em flagrante.

Ações e Compartilhamento
Entre em contato com o autor
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE