Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
18 de Setembro de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Com destino à fronteira com Corumbá, ex-juiz boliviano é preso com trinta quilos de cocaína

Ricardo Albertoni em 20 de Novembro de 2017

Jornal El Deber

Ex-juiz transportava 30 tabletes de cocaína, de alta pureza, com destino ao Brasil

O ex- juiz boliviano Óscar Arroyo foi preso por volta das 13h de domingo (19) por equipes da Força de Luta Contra o Narcotráfico (Felcn) transportando 30 tabletes de cocaína, de alta pureza com destino ao Brasil.

De acordo com o jornal boliviano El Deber, a ação aconteceu em um bloqueio localizado em Yacuses, distrito localizado na província boliviana de German Busch, zona de fronteira com Corumbá. Segundo o jornal, o local fica próximo à Puerto Quijarro, que faz divisa com a cidade brasileira. Os cerca de trinta quilos da droga estavam dentro das portas e no porta-luvas do veículo Kia Plomo cinza.

Fotos: Rádio Ercel e El Deber

Droga estava dentro das portas e no porta-luvas do veículo Kia Plomo cinza

Ainda de acordo com o El Deber, levantamento de informações dão conta de que o ex-juiz era esperado por pessoas após cruzar a fronteira com o Brasil para receber pelo transporte. Ele foi autuado por tráfico de drogas e deverá ser encaminhado ao presídio de Palmasola, na cidade de Santa Cruz de La Sierra, distante pouco mais de 600 quilômetros da fronteira com Corumbá.

Óscar Arroyo Rojas desempenhou a função de juiz por oito meses em Puerto Suárez e foi destituído por resolução emitida pelo Conselho de Magistratura do país. 

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE