Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
23 de Novembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Familiares identificam um dos assaltantes mortos em confronto com a PM

Rosana Nunes em 06 de Novembro de 2017

Reprodução/Facebook

Rodrigo Pinho Ruiz tinha 29 anos

Identificado um dos assaltantes mortos em confronto com a Polícia Militar de Corumbá na noite de domingo (05) durante uma tentativa de assalto. É Rodrigo de Pinho Ruiz, de 29 anos. Familiares fizeram o reconhecimento do corpo. O segundo homem morto ainda não foi identificado e permanece no Instituto Médico Legal. 

O confronto aconteceu próximo à escola municipal Almirante Tamandaré, na parte alta da cidade, depois que a PM recebeu a informação de que três bandidos realizavam roubos na região próxima a um antigo ferro velho. Eles permaneciam ao longo da via, perto de uma lombada e empunhando arma de fogo saíam da mata para realizar os roubos. 

Na ação de domingo, o trio encapuzado foi visto próximo a porteira de uma chácara que fica ao lado do ferro velho. Quando uma motocicleta se aproximou, eles saíram rapidamente e um deles, de capuz vermelho, apontou uma arma para a cabeça do motociclista, de 52 anos, anunciou o assalto: “perdeu, perdeu, passa a moto”. Os outros dois, que estavam com capuz branco e o outro azul, também portavam arma de fogo.

A vítima ficou por alguns momentos em estado de choque e não desceu do veículo. Diante do flagrante, os policiais que estavam distantes cerca de 15 metros do crime, mandaram que os ladrões deixassem as armas. Nesse momento, eles apontaram as armas de fogo em direção à equipe policial e um deles atirou. Os policiais revidaram e dois bandidos, os que estavam com capuz vermelho e branco foram atingidos, enquanto o terceiro, com o capuz azul, fugiu. Como apresentavam sinais vitais, ambos foram encaminhados pela própria guarnição para o pronto-socorro municipal, mas não resistiram e vieram a óbito.

Ações e Compartilhamento
Entre em contato com o autor
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE