Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
18 de Novembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Realização do Enem contará com o trabalho de mais de 600 mil pessoas

Agência Brasil em 04 de Novembro de 2017

Mais de 600 mil pessoas vão trabalhar para a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano, entre aplicadores de prova, coordenadores e agentes de segurança. A primeira prova acontece amanhã (05), com questões de linguagens e ciências humanas, além da redação. No dia 12 de novembro será a vez das provas de ciências da natureza e matemática. Mais de 6.730.000 de pessoas estão inscritas para fazer o exame.

O Enem será realizado em 1.725 municípios. A aplicação das provas será feita por 197 mil chefes de sala e 195 mil aplicadores, que atuam em conjunto. Para atender as necessidades dos participantes que solicitaram recursos de acessibilidade, serão 12,7 mil aplicadores especializados. Outros 67 mil fiscais de banheiros ficarão responsáveis pela vistoria com os detectores de metais.

O exame também terá 54 coordenadores estaduais, 1.793 coordenadores municipais, 13.880 coordenadores de locais de prova e outros 22.020 assistentes locais de prova. Cerca de 40 mil professores da rede pública e servidores públicos foram capacitados para representar o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) nos locais de aplicação, fazendo a conferência da abertura do lacre dos malotes com prova.

Também estão envolvidos no processo 41 mil funcionários dos Correios, que trabalham na  distribuição das provas e a logística reversa, que envolve o transporte dos cartões-resposta e das folhas de redação dos locais de prova até a estrutura de correção do consórcio aplicador. Na operação reversa, serão 200 colaboradores da Fundação Getúlio Vargas e 500 da Fundação Cesgranrio.

Responsável pela correção das redações, a Fundação Vunesp contará com 9 mil professores. Também haverá cerca de 500 servidores do Inep trabalhando no processo, com representantes em todos os estados.

Segurança

Cerca de 23 mil agentes de segurança pública trabalham na segurança do exame, fazendo a escoltas das rotas, de distribuição e da operação reversa; na vigilância dos locais de armazenamento e no monitoramento dos processos no período da aplicação. O Enem reúne o Exército Brasileiro, a Marinha do Brasil, a Força Aérea Brasileira, a Polícia Militar, a Polícia Civil, a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal, o Corpo de Bombeiros Militar e a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

A segurança do Enem 2017 contará, também, com a atuação do Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN), com sede em Brasília, além de 12 Centros Integrados de Comando e Controle Regional (CICCR), com sede nas cidades que sediaram a Copa 2014; e com 15 centros de operações localizados nos demais estados brasileiros.

Saiba mais

07/11/2017 Recomendação para prova de exatas do Enem é descanso e revisão leve

06/11/2017 MEC vai apoiar formação de professores para educação de surdos, diz ministro

06/11/2017 Belo Monte, escravidão e Palestina são temas cobrados no primeiro dia do Enem

06/11/2017 Primeiro dia de provas do Enem tem 30% de abstenção

05/11/2017 Entenda como é feita a correção das questões e da redação do Enem

05/11/2017 Desafios para Formação Educacional de Surdos é o tema da redação do Enem 2017

05/11/2017 Preparados e confiantes, estudantes chegaram cedo no primeiro dia do Enem em Corumbá

05/11/2017 Inep diz que não vai recorrer de decisão do Supremo sobre redação do Enem

05/11/2017 Mais de 6,7 milhões fazem primeira prova do Enem hoje

04/11/2017 Cerca de 19% dos candidatos ao Enem ainda não acessaram o cartão de inscrição

04/11/2017 A um dia do Enem, 22,5 mil ainda não sabem locais das prova em MS

03/11/2017 Inep recorre ao STF contra decisão que impede regra de direitos humanos no Enem

03/11/2017 Cerca de 5 milhões de candidatos ao Enem já consultaram seus locais de prova

03/11/2017 AGU aguarda notificação para analisar recurso sobre redação do Enem

03/11/2017 Saiba o que é obrigatório e o que não pode levar para a prova do Enem

03/11/2017 Inep é notificado de decisão que suspende regra sobre direitos humanos no Enem

01/11/2017 Troca de informações e uso de lápis podem levar à eliminação no Enem

31/10/2017 Enem terá prova personalizada e detector de ponto eletrônico para coibir fraudes

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE