Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
18 de Novembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Prefeito Marcelo Iunes inicia gestão buscando manter projetos e equipe de governo

Rosana Nunes em 03 de Novembro de 2017

Empossado na quarta-feira ( 1º), o prefeito de Corumbá, Marcelo Aguilar Iunes (PTB), reforçou o compromisso de dar continuidade aos projetos de infraestrutura e sociais do ex-prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PSDB), que morreu na madrugada do dia 1º de novembro, seis horas depois de ser submetido a uma cirurgia cardíaca de emergência. Iunes, que estava em Campo Grande junto aos familiares e assessores de Ruiter, teve que voltar às pressas para Corumbá para que fosse cumprido o que determina a  Lei Orgânica do Município e o regimento interno da Câmara sobre a vacância do cargo e a convocação imediata do vice-prefeito.

"Assumi a Prefeitura em um dos dias mais tristes da minha vida. Era um sonho meu, futuramente, só que dessa maneira foi com muita tristeza, porque a tristeza de você perder um irmão, um companheiro é maior do que a alegria e Ruiter era um amigo irmão. Mas, vamos dar continuidade ao trabalho dele que também é meu. Quando formamos a chapa, formamos um grupo, então o grupo é um só, hoje, com ele infelizmente não estando presente entre nós. Eu tenho conhecimento do programa do Fonplata, a parceria com o Estado para a reforma do Hospital e também a construção do pronto-socorro, mais escolas, todos os projetos que o Ruiter começou, nós vamos dar andamento", garantiu ao Diário Corumbaense.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Marcelo Iunes disse que vai manter equipe e buscar concretizar projetos iniciados por Ruiter Cunha

Sobre a equipe de governo, Marcelo disse que ela permanece e que fará apenas alguns ajustes. "Essa equipe foi formada com meu aval também e vai continuar com certeza. Vai ter mudança? Se tiver, vai ser da mesma forma como se ele (Ruiter) estivesse no comando, ou seja, ele poderia também fazer mudanças, então, lá na frente, posso fazer alguma mudança, mas não é porque eu estou assumindo a Prefeitura, não é que o 'Marcelo vai colocar o grupo dele', não, esse grupo é o mesmo do Ruiter e eu sou do grupo dele. As mesmas pessoas que estão aqui vão continuar administrando Corumbá", destacou.

Uma mudança Iunes já fez. Como não pode acumular função como prefeito, nomeou o professor Silvino Rodrigues Ribeiro, gerente de desporto, para comandar provisoriamente a Funec (Fundação de Esportes de Corumbá). "Confio nele, sei da sua capacidade, mas ainda vou conversar com ele porque na verdade 'passei a bola' para não deixar vago o cargo na Funec que tem vários projetos em andamento. Se ele ficar no cargo de diretor-presidente, com certeza estará bem encaminhado, é um professor que já tem experiência, mais de 20 anos de carreira na área de educação física e trabalha há muito tempo na Funec", frisou.

Outro nome importante para o prefeito é o do secretário de Governo, Cássio Augusto da Costa Marques, que também é coordenador do programa do Fonplata (Fundo Financeiro de Desenvolvimento da Bacia do Prata). A Prefeitura vai realizar obras com 40 milhões de dólares (aproximadamente R$ 124,8 milhões) do financiamento disponibilizado pela instituição internacional e com outros US$ 40 milhões, como contrapartida estabelecida pela parceria do Município e do Governo do Estado. "O Cássio está comandando as etapas necessárias e em breve teremos os recursos disponíveis e com algumas frentes de trabalho podendo iniciar ainda este ano. Conto com ele para que tudo caminhe." As ações do Fonplata serão voltadas para o desenvolvimento de áreas de recreação e descanso, infraestrutura de vias e drenagem, recuperação do patrimônio histórico, fomento do turismo e moradia para famílias que vivem em áreas de risco. 

Salários no fim de ano e realização de eventos

Marcelo Iunes também falou sobre o pagamento de três folhas salariais neste final de ano: novembro, 13º salário e dezembro que somam cerca de R$ 50 milhões brutos. "O Ruiter já tinha encaminhado para a Secretaria de Finanças e para a Procuradoria, a meta de pagar as três folhas em trinta dias. Na segunda-feira, vou chamar o secretário de Finanças e Gestão (Alberto Saburo Kanayama) para que nos passe como está o quadro financeiro e o que vamos precisar fazer para alcançar o nosso propósito.  O pagamento desses salários é muito importante para a  economia da cidade", comentou.

O prefeito também destacou que o Município está buscando os meios para realizar o Pantanal Extremo - Jogos de Aventura e o Fegasa (Festival Gastronômico Sabores das Américas). "A Prefeitura está sim trabalhando para realizar esses eventos, mesmo sem a possibilidade de o Governo do Estado ser parceiro por causa da inadimplência do Município em relação a três convênios celebrados em 2015 e 2016, pela gestão passada, que não tiveram as prestações de contas aprovadas. Isso também está se buscando resolver. O fato é que nós vamos realizar o Pantanal Extremo entre os dias 08 a 10 de dezembro com disputas em seis modalidades. Além dos recursos próprios, estamos buscando parceiros na iniciativa privada. O Fegasa também está marcado para o final de novembro e início de dezembro", contou.

Projeto político

Antes de assumir a Prefeitura, Marcelo Iunes tinha a intenção de ser pré-candidato a deputado estadual em 2018, mas com a morte de Ruiter, novos rumos devem ser tomados. Segundo ele, a ideia é trabalhar nomes que tenham chances reais de se eleger, porque a cidade precisa de representatividade na Assembleia Estadual e na Câmara Federal. Sobre o pacto político proposto pela Câmara Municipal, o prefeito tem dúvidas sobre essa possibilidade. "Lá na Câmara já tem cinco ou seis pré-candidatos a deputado estadual, então um pacto que é para sair um do Legislativo e um do Executivo, já tem cinco ou seis, como pode haver pacto? Do nosso grupo vamos estar com quem pode contar com o apoio da população para poder representar Corumbá. Nomes, por enquanto não temos. Um nome que tinha era o meu, isso todo mundo sabia, agora vamos conversar com nosso grupo e ver quem tem condições", afirmou.

Iunes já foi vereador por três mandatos e presidiu o Legislativo no biênio 2013/2014. A expectativa dele é manter uma boa relação com os parlamentares durante a sua administração. "Sei que a Câmara é muito essencial  na política do município, lá é que são aprovadas as leis, que são iniciados alguns projetos de lei, são dois poderes independentes mas que têm que estar em harmonia. Essa relação já vinha sendo estabelecida pelo Ruiter e pretendo dar continuidade."

Sobre a parceria com o Governo do Estado, o prefeito disse estar tranquilo, pois o governador Reinaldo Azambuja já garantiu que vai honrar os compromissos que assumiu com ex-prefeito Ruiter Cunha. "Na conversa que tive com o governador, ele garantiu isso e disse a ele que queremos fazer o Fonplata acontecer, reformar o hospital, construir o pronto-socorro, enfim, fazer com que esses projetos saiam do papel. Combinamos de, na semana que vem, darmos continuidade às conversas."

O apoio de Beatriz Cavassa  

Ainda não é o momento para conversar, mas Marcelo Iunes afirmou a este Diário que conta com a permanência da ex-primeira-dama Beatriz Cavassa de Oliveira em sua equipe de governo. "Sei da capacidade dela e vou pedir para que continue sendo a secretária especial de Cidadania e Direitos Humanos. Dona Bia é uma pessoa muito carismática, que a população de Corumbá gosta muito, pessoa extraordinária, amiga, competente, como o Ruiter era, com o coração enorme. Torço e vou rezar bastante para que ela continue com a gente, contribuindo com a nossa gestão", concluiu o prefeito.

 

Ações e Compartilhamento
Entre em contato com o autor
Comentários:

Eliane Oliveira: Prefeito Yunes! Entre as prioridades, por favor, cuida do Hospital. Este está a mingua. As histórias que ouço são de arrepiar. Os corumbaenses merecem esse cuidado urgentemente.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE