Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
23 de Novembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Ruiter Cunha dedicou a vida à carreira pública

Da Redação em 01 de Novembro de 2017

Filho de Leir Cunha e Oswaldo de Oliveira (o saudoso e popular Rolinha), Ruiter Cunha de Oliveira nasceu em 24 de janeiro de 1964, viveu a infância e a adolescência em Corumbá. O esforço e a dedicação dos pais proporcionaram-lhe a oportunidade de se mudar para o Rio de Janeiro-RJ, onde cursou o antigo segundo grau e a faculdade de Ciências Econômicas, na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRJ), formando-se em 1985.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Ruiter faleceu aos 53 anos neste 1º de novembro

Da capital fluminense, voltou determinado a construir uma carreira profissional no Mato Grosso do Sul. Em Corumbá, fez mais uma faculdade: Ciências Contábeis, na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), concluindo o curso em 1994. Já em 2002, concluiu pós-graduação em Contabilidade Gerencial, Auditoria e Controladoria pela Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal (Uniderp).

Com vocação para o setor público, começou a carreira como agente tributário estadual e, em seguida, foi aprovado em concurso público para o cargo de Fiscal de Rendas (Auditor Fiscal), que começou a exercer em 1992. Na Secretaria de Fazenda do Estado, ocupou todos os cargos de carreira, como os de chefe de Agenfa e delegado de Fazenda em Corumbá, chegando a superintendente de Administração Tributária do Estado, em 2003. Também exerceu os cargos de secretário municipal de Finanças de Corumbá, entre 1993 e 1996, e assessor especial de Assuntos Estratégicos do Governo do Estado, em 2004.

Com destacada vivência religiosa e preocupação social, em particular com relação às camadas mais carentes de Corumbá, Ruiter ajudou a fundar, em 2001, o Centro Padre Ernesto de Promoção Humana e Ambiental (CENPER), tornando-se seu primeiro presidente e trabalhando pela continuidade das ações do Padre Ernesto Sassida e da Cidade Dom Bosco.

Em 2004, Ruiter candidatou-se pela primeira vez a ao cargo de prefeito de Corumbá, pelo Partido dos Trabalhadores (PT), e foi eleito com 55%, iniciando sua gestão em 1º de janeiro de 2005. Depois de quatro anos de governo e com ampla aprovação popular, reelegeu-se prefeito pelo mesmo partido em 2008, com a maior votação percentual do Estado naquela eleição: 81,31% dos votos válidos.

Depois de quatro anos fora do Executivo corumbaense, em 2016 Ruiter foi eleito para o terceiro mandato, com 46,41% dos votos válidos, desta vez pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), com apoio do governador Reinaldo Azambuja. Ruiter era casado com Beatriz Cavassa e deixou dois filhos, Rafaela, 15 anos, e Rodrigo, 18. As informações são da assessoria de comunicação da Prefeitura de Corumbá.

 

Saiba mais

08/11/2017 Em praça pública, missa de sétimo dia de Ruiter é marcada por emoção e homenagens

02/11/2017 Secretário de Saúde ouviu de Ruiter frase que falou sobre perdão e amor

02/11/2017 Comoção e tristeza marcaram sepultamento do prefeito dos corumbaenses

01/11/2017 Reinaldo diz que manterá compromissos assumidos com Ruiter

01/11/2017 Silenciosa, avenida é palco do adeus a Ruiter

01/11/2017 Ruiter deixa a marca do gestor preocupado com o semelhante

01/11/2017 PT e PSDB em MS lamentam morte de Ruiter Cunha

01/11/2017 Prefeito por quase nove anos, Ruiter deixa grande legado para Corumbá

01/11/2017 Corpo já é velado e sepultamento de Ruiter será nesta quinta-feira às 08h

01/11/2017 Diário Oficial já traz decreto de luto de 5 dias pelo falecimento do prefeito Ruiter

01/11/2017 Ladário decreta luto oficial de três dias pela morte de Ruiter

01/11/2017 Ruiter: Governo do Estado divulga nota de pesar

01/11/2017 Sob aplausos de reconhecimento, corpo de Ruiter é recebido em Corumbá

01/11/2017 Seguindo a lei, Câmara empossa Marcelo Iunes prefeito de Corumbá

01/11/2017 Avião do Governo do Estado fará o translado do corpo de Ruiter

01/11/2017 Corpo de Ruiter deve chegar ao meio-dia e velório será no Corumbaense

01/11/2017 Ruiter não resiste a complicações pós-operatórias e morre

31/10/2017 Recuperação de Ruiter depende da reação do organismo no pós-operatório

31/10/2017 Cirurgia de Ruiter é bem sucedida e ele vai ficar sedado por 24 horas

31/10/2017 Cirurgia de Ruiter começou por volta das 14 horas

31/10/2017 Com quadro clínico estabilizado, médicos decidem antecipar cirurgia de Ruiter

30/10/2017 Prefeito segue com quadro clínico estável, informa boletim médico

30/10/2017 Médicos do Proncor identificam patologia cardíaca e Ruiter vai ser operado na quarta-feira

30/10/2017 Ruiter passa por reavaliação médica no Proncor de Campo Grande

30/10/2017 Prefeito Ruiter vai passar por procedimento cirúrgico no Proncor de Campo Grande

30/10/2017 Secretário de Saúde e procurador acompanham Ruiter em UTI aérea

30/10/2017 Prefeito vai passar por procedimento de hemodinâmica, diz assessoria

30/10/2017 Prefeito Ruiter Cunha passa mal e é levado para o hospital

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE