Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
19 de Novembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Mulher é presa em bar acusada de matar o marido após discussão em Ladário

Rosana Nunes em 29 de Outubro de 2017

Aleixo da Silva Varanis, de 54 anos, conhecido como "Noca", foi morto a golpes de faca e a pauladas, neste domingo, 29 de outubro, em Ladário. O corpo foi encontrado no final da manhã em uma casa na rua Fernandes Vieira entre a Riachuelo e a Conde de Azambuja, centro da cidade. 

Divulgação Polícia CIvil

Corpo foi encontrado no final da manhã em uma casa na rua Fernandes Vieira entre a Riachuelo e a Conde de Azambuja, centro da cidade

A suspeita do crime é a mulher de Aleixo, identificada como Maria José da Silva Ramos, de 49 anos. Ela foi presa num trabalho conjunto das Polícias Civil e Militar, duas horas depois de acionadas. Vizinhos informaram que por volta das 06h30 ouviram gritos de briga do casal. Mais tarde, às 10h, a mulher foi vista saindo da residência em companhia de um homem.

Maria foi presa em um bar e estava com os pés sujos de sangue. Vai ser apurado qual o envolvimento do indivíduo que saiu da casa com ela, porque há o testemunho de um parente de "Noca" que teria ouvido o homem pedir para que não fizesse nada. Além disso, Maria disse que cometeu o crime sozinha. 

A mulher foi trazida para a Delegacia de Polícia Civil de Corumbá, onde será autuada em flagrante por homicídio. O casal tinha histórico de brigas e agressões mútuas. Há boletins de ocorrência registrados na Polícia Civil desde 2009 envolvendo os dois.  

Ações e Compartilhamento
Entre em contato com o autor
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE