Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
23 de Novembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Corumbá vai viver dias de festa com a Literatura promovida pelo Sesc a partir desta quarta-feira

Lívia Gaertner em 25 de Outubro de 2017

Reprodução

Evento traz pluralidade de estilos, gêneros e expoentes literários tratando de temas diferentes

Corumbá recebe a primeira Festa Literária do Sesc que começa nesta quarta-feira, 25 de outubro e segue durante o final de semana. A cidade pantaneira será a pioneira dentro do estado de Mato Grosso do Sul a receber um evento dedicado à Literatura e promovida pela instituição que teve sua unidade instalada em Corumbá há 4 anos.

“Desde 2013 quando assumimos o compromisso de implantar a unidade do Sesc em Corumbá voltamos a nossa atuação para a área da cultura. Fomos conversando com os parceiros e agentes culturais para que, de fato, nosso trabalho fosse direcionado para agregar. Percebemos que algumas linguagens precisavam de atenção, entendemos que o audiovisual e a literatura eram duas que tinham potencial porque possuíam menos equipamentos voltados a elas: bibliotecas, livrarias e cinema, por exemplo. Não apenas com o público, mas com o próprio artista com oficinas e demais atividades”, disse Thayná Cambará, gerente do Sesc Corumbá ao lembrar a trajetória que permitiu contemplar o município com a Festa Literária.

“Na área da Literatura, nosso trabalho teve como ponto de partida a biblioteca que começou apenas com acesso ao acervo para consulta. Fomos vendo a demanda das pessoas em levar o livro e implantamos o empréstimo, inserimos o Clube da Leitura que já existia na cidade e implantamos o Clube da Leitura Jovem, além de várias edições do Café Literário, que aproxima autores do público num bate-papo”, destacou.

A I FliSesc, segundo Thayná, é um evento que começou a ser idealizado há algum tempo e cuja realização busca abranger uma diversidade de públicos que pode encontrar o viés que mais lhe agrada dentro da produção literária.

“Desde o ano passado a gente vem idealizando essa festa para ofertar a todos os públicos uma programação ímpar e diversificada. Na festa, eu consigo trazer todas as linguagens falando da Literatura, por isso é uma festa e não uma feira. Há pessoas que não participam de algumas linguagens porque não se sentem pertencentes a elas, então teremos música, artes cênicas, enfim, vertentes artísticas que estarão ligadas com a Literatura”, contou ao Diário Corumbaense.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Thayná Cambará destaca a importância da participação da população

A abrangência de temas a serem abordados durante a programação de quatro dias também  foi pensada. Uma pluralidade de estilos, gêneros e expoentes literários tratando de temas como: preconceito, diversidade, estilos, estética, negritude e fronteira integram a agenda que traz nomes do cenário nacional como Alice Ruiz; do Estado, com Ruberval Cunha; e da cidade, o grande homenageado desta edição, o poeta Lobivar Matos, que se auto alcunhou de “o poeta desconhecido” e que, neste ano, completa 7 décadas de sua precoce morte.

O evento tem  o apoio do Departamento Nacional do Sesc, porém,  conforme a gerente da unidade corumbaense, concentra o foco em contratações que estão movimentando a economia da cidade. “Estamos envolvendo 63 artistas, entre autores, atores, músicos. É uma festa num porte pequeno ainda, mas que já está movimentando a mão de obra local, estamos potencializando fornecedores da cidade, desde a cenografia da casa e a infraestrutura empregada, além de  reconhecer poetas e escritores locais e do Estado”, frisou Thainá Cambará.

Ela aproveitou para destacar a importância das parcerias na realização do evento que já está tendo a segunda edição planejada, entretanto, a gerente reforça que o futuro da Festa Literária depende da participação da população. “Precisamos reviver tudo isso, ressignifcar para outros para no futuro dizer que de fato estamos trazendo um legado e transformando. A intenção é que ela não aconteça de forma pontual em alguns dias, ela foi se estruturando nesses anos e queremos dar um 'plus' com parceiros e demais instituições pensar em coletivo em formas de construir uma cidade de leitores, só que esse crescimento depende da participação da  população”, observou.

Além de exposições, oficinas, intervenções artísticas, palestras e debates, a unidade do Sesc se estrutura para na sexta-feira e sábado, 27 e 28 de outubro, disponibilizar uma praça de alimentação ao público que for participar das atividades, na sede da instituição, na rua 13 de Junho esquina com a Firmo de Matos, centro da cidade.

Confira a programação:

25 DE OUTUBRO

  • 19h30 VERNISSAGE - Alexandre Leoni

26 DE OUTUBRO

  • 16h CORTEJO LITERÁRIO - Cia. Maria Mole, na Praça da Independência
  • 16h30 CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS - Jusley Sousa
  • 17h20 INTERVENÇÕS POÉTICAS - Árvore Literária
  • 17h30 Emmanuel Marinho – performance literária
  • 18h “A LITERATURA AFRO-BRASILEIRA” - Manto Costa e Suzylene Araújo com Mediação de Luciene Lemos de Campos
  • 19h “A VOZ FEMININA NO MS” com Lucilene Machado e Raquel Naveira com Mediação de Joanna Durang Zwarg
  • 20h “POESIA, HAIKAIS E MUITO MAIS” com Alice Ruiz e Mediação com Wellington Furtado
  • 21h30 APRESENTAÇÃO Orquestra Corumbaense de Viola Caipira (OCVC)

27 DE OUTUBRO

  • 17h AREOTORARE - Teatro Imaginário Maracangalha, nas imediações da região Sarobá no bairro Borrowiski
  • 17h30 CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS - Ciro Ferreira
  • 18h10 INTERVENÇÕES POÉTICAS - Árvore Literária
  • 18h30 “CRÔNICAS DE VIDA E MORTE” - Franklin Carvalho (ganhador do Prêmio Sesc de Literatura 2016) e Marlene Mourão com Mediação da jornalista Lívia Gaertner
  • 19h30 “É A VEZ DO CARTUM!” - Rafael Coutinho e Alexandre Leoni com Mediação de Wandir Mello
  • 20h30 “LÍNGUA, LITERATURA E FRONTEIRA” - Douglas Diégues e Joca Terrón com Mediação da jornalista Lívia Gaertner
  • 21h30 SHOW – Chicão Castro

28 DE OUTUBRO

  • 17h CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS – Ciro Ferreira e Jusley Sousa
  • 17h40 INTERVENÇÕS POÉTICAS - Árvore Literária
  • 18h “LITERATURA CONTEMPORÂNEA E SUAS ABORDAGENS” - Carlos Henrique Schroeder (ganhador Prêmio Clarice Lispector da Biblioteca Nacional) com Mediação de José Gilberto Rozisca
  • 19H - CRONOS, SURTO POÉTICO - Salim Haqzam
  • 19h30 “A PALAVRA DO OESTE” - Henrique de Medeiros, Ruberval Cunha, Emmanuel Marinho e Elias Borges com Mediação de Luciano Serafim
  • 20h30 RENDEZ-VOUS COM LETRAS - Areotorare/Teatro Imaginário Maracangalha - MC Everton e Pelé do Manifesto

OFICINAS

  • 24 a 29/10, das 13h às 17h

Oficina de Cartum: construção narrativa que englobe: imagem, enredo e roteiro, ritmo e diálogo dentro da proposta das narrativas em quadrinhos. Com Rafael Coutinho.Vagas: 20 participantes, idade mínima 16 anos.

  • 28 e 29/10, das 14h às 17h

Oficina Cartonera: Produção de livros artesanais utilizando a técnica cartonera com noções de titulação, design gráfico e diagramação com Douglas Diégues. Vagas: 20 participantes, idade mínima 14 anos.

  • 24 a 26/10

Dramaturgia do Corpo – “Luz e Ator”: A oficina propõe exercícios de percepção, precisão, base e diferentes qualidades tônicas. Tais exercícios serão ferramentas para a descoberta de nexos de sentidos que possam estruturar composições cênicas. O objetivo principal é demonstrar maneiras de transpor os “estados corporais” experimentados durante os exercícios para a construção de um discurso estético a fim de criar sentidos em uma linguagem cênica onde a dramaturgia parte da experiência corporal, com Eduardo Albergaria. Vagas: 20 participantes, idade mínima 18 anos

  • 16 A 24 DE OUTUBRO

Oficina estandartes poéticos: a literatura sendo pincelada no universo das artes visuais viabilizando exposições de flâmulas literárias com a trechos da obra lobivariana com o intuito de tornar a obra literária pública e ainda produzir a sensação de instalação cênica em pontos estratégicos da cidade, com Marlene Mourão. *Esta oficina será realizada em escolas públicas do município de Corumbá e Ladário

EXPOSIÇÕES

DE 25 A 28 DE OUTRUBRO

  • EXPOSIÇÃO DESBIOGRAFIA DE MANOEL DE BARROS

Das 13h ÀS 22h

DE 26 A 28 DE OUTUBRO

  • EXPOSIÇÃO “Livros Artesanais - Arrebol Coletivo”
  • EXPOSIÇÃO “A desbiografia de Manoel”

Das 13h às 22h

DE 25 DE OUTUBRO A 14 DE DEZEMBRO

  • EXPOSIÇÃO “Graphic Novel - Processo Criativo” - Alexandre Leoni

Das 13h às 22h 

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE