Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
13 de Dezembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Educação Ambiental é levada para 200 alunos de escolas ribeirinhas e indígenas

Portal de Notícias do Governo de MS em 23 de Outubro de 2017

Policiais militares ambientais de Corumbá e Instituto Águas da Serra da Bodoquena, em parceria com o Instituto Homem Pantaneiro, Acaia Pantanal, prefeitura de Ladário e Fundação de Turismo de Corumbá, realizaram trabalhos de Educação Ambiental para 200 alunos e professores de cinco escolas rurais à margem do rio Paraguai.

Divulgação/PMA

Total de 300 quilômetros foram percorridos para levar informações ambientais

Os trabalhos ocorreram durante três dias na semana passada com palestras e debates com os alunos das escolas dos povoados Jatobazinho, Paraguai-Mirim, São Lourenço, Aldeia Guató e Porto Índio, percorrendo um total de 300 quilômetros subindo o rio Paraguai.

Vários temas ambientais foram discutidos, tais como, as questões voltadas à fauna, como o tráfico de animais silvestres, caça ilegal e desmatamento que são causas de extinção de espécies e que provocam vários desequilíbrios (ambientais e sociais), levando a diversos problemas em cadeia, como: erosões, assoreamento, desequilíbrio na distribuição dos recursos hídricos, ciclo da água, poluição, entre outros. Palestras do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), projeto da Polícia Militar de MS, também foram ministradas, discutindo temas sobre alcoolismo, tabagismo, drogas e bullying.

Educação Ambiental é prioridade para a PMA

Todas as 25 subunidades da Polícia Militar Ambiental (PMA) realizam Educação Ambiental. O Comando da PMA considera extremamente proveitoso o trabalho de Educação Ambiental sendo que envolve toda a movimentação da população em defesa das questões ambientais.

O Comando acredita que, só por meio da Educação Ambiental, com crianças e adolescentes, as infrações e crimes ambientais diminuirão e, as decisões deles, que no futuro estarão no comando das ações no País, com certeza, serão mais planejadas do que estão sendo agora.

O comandante da subunidade de Corumbá ressalta a importância da Educação Ambiental como atividade multidisciplinar e universal. Conforme a Constituição Federal de 1988 esta atividade deve abranger todos os níveis de ensino e segmentos sociais. Por esse motivo, todos os órgãos e, principalmente, aqueles voltados para o trato da questão ambiental, devem dispensar especial atenção para o tema.

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE