Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
15 de Dezembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Acidente na avenida Rio Branco deixou quatro pessoas feridas

Ricardo Albertoni em 04 de Outubro de 2017

Divulgação: Bombeiros

Acidente aconteceu por volta das 21h50 na avenida Rio Branco

Dez atendimentos foram registrados pelo plantão do Corpo de Bombeiros de Corumbá nas últimas 24 horas. De acordo com a assessoria de comunicação do 3º Grupamento, além dos serviços de rotina e o atendimento a um jovem de 18 anos baleado na tarde de ontem, os bombeiros socorreram quatro vítimas de um acidente de trânsito ocorrido na estrada que liga Corumbá a Ladário.

O acidente aconteceu por volta das 21h50 na avenida Rio Branco em frente a fábrica de cimentos. Duas viaturas de resgate, além da ambulância do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram até o local onde um Pálio havia se chocado violentamente contra uma árvore. Quatro pessoas estavam no carro, três mulheres com idades de 19, 20 e 21 anos, e um homem de 31 anos. Com suspeita de traumatismo craniano, duas mulheres estavam conscientes, porém desorientadas.

A mais jovem tinha corte no rosto e cabeça enquanto a outra apresentava lesões na face e hematomas. A condutora, de 21 anos, foi atendida com fratura no braço direito, hemorragia nasal e corte no supercilio. O homem apresentava escoriações no rosto e nos braços, mas estava consciente e orientado. Todos foram imobilizados e encaminhados para o pronto-socorro municipal. De acordo com os bombeiros, os ocupantes dos veículos seguiam em direção ao município vizinho e não usavam cinto de segurança quando a condutora perdeu o controle do veículo devido a alta velocidade.

Alerta dos bombeiros

Os bombeiros alertam para a importância do uso do cinto de segurança. A assessoria de comunicação do 3º Grupamento informa que o cinto de segurança é um dispositivo simples que serve para proteger sua vida e diminuir as conseqüências dos acidentes. Ele impede, em caso de colisão, que seu corpo se choque contra o volante, painel e pára-brisas, ou que seja projetado para fora do carro. Os passageiros sentados no banco traseiro, sem os cintos de segurança, não somente se põem em perigo, como também colocam em perigo os passageiros dos bancos dianteiros. Numa colisão frontal eles também se moverão para a frente onde podem bater e ferir o motorista ou passageiro do banco dianteiro.

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE