Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
15 de Dezembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Corumbá lidera ranking de equinos e mantém segunda colocação em rebanho bovino no país

Lívia Gaertner em 29 de Setembro de 2017

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Corumbá lidera o ranking de MS com 1,820 milhão de cabeças de gado

O município de Corumbá, conhecido por ser um dos maiores produtores de gado bovino do Brasil, manteve seu status na Pesquisa da Pecuária Municipal realizada pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística que traçou um panorama dos rebanhos e as produções de origem animal e da aquicultura em todo o país avaliando dados de 2016.

Corumbá lidera o ranking de Mato Grosso do Sul como o maior produtor de bovinos do Estado, somando 1,820 milhão de cabeças de gado. O município pantaneiro é seguido, dentro do Estado, por Ribas do Rio Pardo, que fica em segundo lugar com 1,148 milhão de cabeças. Nacionalmente, Corumbá só está atrás de São Félix do Xingu, no estado do Pará, que contabiliza mais de 2,200 milhões.

A pesquisa mostrou que houve uma alta de produção bovina no país, quando comparado o quadro com números de 2015. O IBGE afirma que havia 218,23 milhões de cabeças de gado no Brasil em 2016, totalizando um aumento de 1,4% em relação ao ano anterior. Quando a analise parte para os Estados, o vizinho Mato Grosso é campeão com 13,9% do montante nacional, ou seja, 30,30 milhões de cabeças de gado. Mato Grosso do Sul, com 21,8 milhões de animais, está na quarta colocação entre os líderes de gado bovino. Em 2015, Mato Grosso do Sul tinha 21 milhões 357 mil e 398 cabeças.

A analista do IBGE, Mariana Oliveira, explicou o contexto regional que contribuiu para o resultado da pesquisa. “A expansão do gado no Centro-Oeste é consequência da extensão do território, que favorece a pecuária de grande porte. Além disso, há a proximidade tanto com a indústria de abate, quanto com os centros de produção de grãos”, contou.  

Na nota técnica, o IBGE esclarece que dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (United States Department of Agriculture - USDA) apontam o Brasil como o detentor do segundo maior efetivo de bovinos do mundo, sendo responsável por 22,2% do rebanho mundial, atrás apenas da Índia. O País foi também o segundo maior produtor de carne bovina, responsável por 15,4% da produção global. Os Estados Unidos (maior produtor mundial), o Brasil e a União Europeia, juntos, representaram quase metade de toda a carne produzida no mundo em 2016.

Fernando Barros/Argosfoto

Pesquisa também apontou a cidade como líder na criação de equinos

Liderança na criação de equinos

Corumbá também ganhou destaque dentro da pesquisa nacional como o líder na criação de equinos. De acordo com os dados, foi identificada a criação desse tipo de animal em 5.511 municípios no ano de 2016, totalizando 5,58 milhões de cabeças, das quais 35.250 encontravam-se em Corumbá. Na sequência, aparecem as cidades de Monte Alegre (PA), Santana do Livramento (RS), Uruguaiana (RS) e Rio Branco (AC). Os três líderes do ranking estadual eram Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Bahia com, respectivamente, 13,7%, 9,6% e 8,6% do plantel nacional.

A Pesquisa Pecuária Municipal também traz informações sobre bubalinos (búfalos), caprinos, ovinos, galinhas e ovos de galinhas, segmentos menos expressivos dentro da região. 

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE