Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
17 de Dezembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

IFMS é credenciado a ofertar mestrado em Educação Profissional e Tecnológica

Da Redação em 23 de Setembro de 2017

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) é uma das 18 instituições credenciadas pelo Comitê Gestor Nacional do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT) a ofertar mestrado profissional. O resultado da submissão das propostas foi divulgado nessa quarta-feira, 20. O endereço é http://profept.ifes.edu.br/

Coordenado pelo Instituto Federal do Espírito Santo (IFES), o curso é o primeiro mestrado profissional oferecido pelas instituições que compõe a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. Para o pró-reitor de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação, Marco Naka, a habilitação do IFMS para oferta de seu primeiro mestrado retrata a evolução da instituição.

“O credenciamento demonstra que o IFMS está em um novo patamar de ensino, uma vez que passa a ofertar pós-graduação stricto sensu, e revela a qualificação de nosso corpo docente, com publicações científicas cada vez mais relevantes. Estarmos aptos a ofertar o mestrado profissional indica que estamos no caminho certo”, comentou.

Naka lembra que ao ser credenciado, o IFMS poderá ter mais facilidade para captar recursos. "Poderemos participar de editais específicos para instituições com programas de pós-graduação stricto sensu, oriundos de diferentes agências de fomentos”, complementou.

Também foram credenciados os Institutos Federais do Acre, Alagoas, Brasília, Baiano, Catarinense, do Maranhão, de Minas Gerais, Mato Grosso, Norte de Minas, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Rondônia, do Serão Pernambucano, do Sul de Minas Gerais e do Tocantins, além do Colégio Pedro II.

Critérios

Para o credenciamento, o Comitê Gestor Nacional do ProfEPT analisou a infraestrutura das instituições, o que inclui a existência de biblioteca, computadores ligados à internet, laboratórios para experimentação, salas de trabalho para estudantes e professores, secretaria e apoio técnico.

Cada instituição indicou, no mínimo, oito e, no máximo, 12 docentes doutores, que deveriam ter pelo menos uma orientação de pesquisa ou trabalho de conclusão de curso concluída e registrada no Lattes. Os docentes indicados pela instituição deveriam ter ainda ter disponibilidade de 15 horas para atuar no mestrado profissional, e artigos publicados em periódicos qualificados, entre outros critérios.

Vagas

A previsão é que a primeira turma do mestrado profissional no IFMS seja aberta em 2018, com vagas para servidores da instituição e para o público externo. O curso será oferecido na modalidade semipresencial pelo Campus Campo Grande, e também terá professores dos campi Corumbá, Coxim, Dourados e Nova Andradina.

As regras do processo seletivo só serão conhecidas com a publicação de edital único para todas as instituições credenciadas, ainda sem data prevista. Em fevereiro de 2017, na primeira oferta para o mestrado profissional em rede, foram abertas 401 vagas em outros 18 Institutos Federais credenciados.

Curso 

Autorizado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do Ministério da Educação (MEC), o mestrado profissional visa tanto a produção de conhecimento como o desenvolvimento de produtos. As disciplinas obrigatórias que compõem o currículo do curso são ofertadas na modalidade presencial, com carga horária de até 30% a distância.

Para concluir o mestrado, o estudante deverá apresentar à banca um Produto Educacional, voltado para o ensino na Educação Profissional e Tecnológica. Com informações da assessoria de imprensa do IFMS

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE