Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
22 de Outubro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Botafogo venceu e colocou fim na invencibilidade do Santos

Terra Esportes em 17 de Setembro de 2017

Vanderlei estava em campo e até fez suas boas defesas, como de costume, mas não pôde evitar a vitória do Botafogo que, com time misto, dominou o Peixe no Estádio Nilton Santos e venceu por 2 a 0 no sábado, pela 24ª rodada do Brasileirão, antes dos dois times decidirem seus futuros na Libertadores, na quarta-feira.

Por conta da prioridade na competição Sul-Americana, os técnicos Jair Ventura e Levir Culpi não tiveram força total. O mesmo valeu para a torcida, que passou longe de encher o estádio, já que os jogos mais importantes ficarão para o meio de semana. 

Enquanto os reservas de Levir mostravam grande desentrosamento, o misto do Botafogo tomou conta do lado direito do ataque com Luis Ricardo, Bruno Silva. Foram eles os responsáveis por servir Rodrigo Lindoso e Guilherme no mesmo local e no mesmo estilo: jogada trabalhada na direita e toque para o meio da entrada. 

[foto1]

Antes, Vanderlei já tinha evitado três subidas do Glorioso e só gritava com o restante do time... Só gastou voz. Os passes errados e lentos foram a proposta do Peixe do início ao fim. Nem bronca e nem mexida mudavam o desentrosamento e baixa qualidade técnica do Santos no Nilton Santos.

Sem conseguir contra-atacar, já que não roubava as bolas, o Santos insistia em tentativas de cruzamento de longa distância. Mas Kayke não conseguiu ver nenhuma em condição clara de gol. Insistência e nada mais. 

Os gols na primeira etapa foram o necessário para liquidar um jogo que se arrastou e não fez jus às histórias de Botafogo, Santos e ao nome do estádio. Um excesso de passes laterais errados, chutes de qualquer jeito e pouquíssimas bolas trabalhadas.  Mesmo assim, o Botafogo soma três pontos que o levam à quinta posição e o deixa a quatro pontos do Santos.

O Peixe dá adeus à maior invencibilidade da Série A do Brasileirão (17 jogos) e concentra suas forças para o jogo da volta das quartas da Libertadores, em que recebe o Barcelona de Guayaquil (ECU). O 0 a 0 classifica o Santos. Já o Botafogo precisa vencer o Grêmio fora ou empatar com gols.

Ações e Compartilhamento
Entre em contato com o autor
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE