Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
13 de Dezembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Conscientização é arma para combater incidências de queimadas na região do Pantanal

Lívia Gaertner em 01 de Setembro de 2017

Espaço de educação ambiental, a Estação Natureza Pantanal se atentou para o período de estiagem e o grande risco que as queimadas trazem para o bioma e também para a saúde das pessoas e, em parceria com o Ibama, o Prevfogo, a Policia Militar Ambiental e a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, inaugurou a exposição “Antes do Fogo”.

Utilizando uma linguagem lúdica, a exposição busca mostrar o impacto trazido pelas chamas para o meio ambiente que vai além da destruição de espécies vegetais que são a olho nu consumidas pelo fogo. “A gente quis aproveitar esse momento para sensibilizar as pessoas para ações e estratégias de não deixar que as queimadas aconteçam. A exposição é lúdica, didática para todos os públicos para entenderem quais são as ações com o propósito de evitar o fogo”, disse Ivonete de Oliveira Guaragni, administradora da Estação Natureza Pantanal.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Exposição “Antes do Fogo” busca mostrar o impacto trazido pelas chamas para o meio ambiente e para a saúde das pessoas

Em uma das salas, a reprodução de um ambiente sendo consumido pelas chamas chega a causar a sensação de desconforto. Materiais e equipamentos de combate a incêndios florestais também são colocados à visão dos visitantes juntamente com fotos e vídeos que mostram a devastação de áreas atingidas pelo fogo.

“Iniciamos mostrando o Pantanal e toda sua beleza, riqueza para depois chegar a essa parte onde impactamos com essas sensações e imagens de forma a criar um senso de mudança de hábitos que sabemos, só acontece a longo prazo”, afirmou Ivonete. “A população precisa entender que não somos obrigados a todos os anos a passar pelo mesma situação. Isso é cultural e precisa mudar e, pra mudar, a gente precisa de conscientização, mobilização. Eles precisam compreender que como cada um acaba participando desse quadro tão triste”, completou.

O visitante, além de ver as consequências trazidas pelas queimadas, passa por um momento de palestra onde profissionais mostram e debatem quais atitudes e estratégias de prevenção podem colaborar para evitar o fogo. “A gente não quer deixar o Pantanal preto e branco, e nem deixar as pessoas com a saúde afetada com isso tudo”, finalizou.

A Estação Natureza Pantanal está localizada na ladeira José Bonifácio e o horário de funcionamento é de 2ª a 6ª feiras, das 09h às 11h e das 14h às 17h20.

A Queimada sob o olhar poético de Lobivar Matos

Um dos mais expressivos poetas corumbaense, Lobivar Matos, que se auto alcunhou de “O Poeta Desconhecido” deixou registrado em seu estilo poético singular a destruição causada pelo fogo em Corumbá.  O poema “Queimada” está em seu livro Areotorare, datado de 1935, provando que a prática nociva é algo que tem raízes há muito tempo, porém como nem sempre pode-se esperar pela chuva como a descrita no poema, a melhor forma de evitar os problemas para o meio ambiente e para a saúde é não usar o fogo.

Queimada

Na campina amarela de sol

o fogo do fazendeiro

passou uma pincelada

forte

de tinta

preta.

 

E a campina queimada

Ficou retinta como uma negra africana.

 

E como uma negra africana,

nua, de pé, entre línguas vermelhas de fogo,

levanta as mãos para os céus

soltando gritos de fumaça

e implorando a misericórdia divina.

 

Os céus comovidos

derramam as lágrimas das nuvens, a chuva,

sobre aquele quadro medonho.

 

A terra sedenta sorveu a chuva

e criou força... criou vida!  

 

Agora, longe da fogueira,

de alegria,

de contentamento,

anda soltando

gargalhadas fortes de brotos e raízes.

 

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE