Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
23 de Novembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Iphan promove encontro do patrimônio cultural em Forte Coimbra

Da Redação em 31 de Agosto de 2017

A Superintendência do Iphan em Mato Grosso do Sul, realizará o I Encontro do Patrimônio Cultural, no Forte Coimbra, em Corumbá. O Encontro tem por objetivo a elaboração e desenvolvimento de diretrizes e estratégias de preservação patrimonial. Essa ação visa atender a prática transversal aos processos de preservação e valorização do patrimônio cultural no âmbito do Iphan, conforme a Portaria nº 137 de 28 de abril de 2016. Outro tema a ser discutido serão as diretrizes presentes na Carta de Recife, cujo documento norteia o desenvolvimento de ações, estabelecimento de parcerias público-privadas e para a certificação de destinos patrimoniais, visando ainda acordos específicos para cada fortificação.

A ação também contribuirá para sanar algumas dúvidas da comunidade civil e militar da Vila de Coimbra acerca do que implica um tombamento, sua área de entorno e quais são as competências da instituição, que em 2017 celebra 80 anos de existência, além de discutir o nome do Forte Coimbra como um dos patrimônios listados para candidatura do Conjunto de Fortificações do Brasil pela Unesco.

O evento terá início dia 04 de setembro de 2017 e contará com apoio do 17° Batalhão de Fronteira e o Campus Pantanal da UFMS, para deslocamento, hospedagem e alimentação. A equipe sairá na manhã do dia 04 para o Forte Coimbra e prosseguirá com as atividades ao longo da tarde.

A abertura do evento será às 17h30 com a palestra do historiador do Iphan MS – José Augusto Carvalho dos Santos sobre “A breve História do Forte Coimbra – Processo de Tombamento” e logo em seguida a formação do Grupo Temático apresentado pelo arquiteto do Iphan MS – André Vilela Pereira cujo tema será “Procedimento de Fiscalização e Autorização de Intervenções”, finalizando a noite com apresentação de cinema, jogos e brincadeiras.

No dia 05 de setembro de 2017 serão criados mais dois Grupos Temáticos: “Organização e Gestão Museológica e Arqueológica” que serão orientados pelos técnicos do Iphan MS, a museóloga Sara Bernal e o arqueólogo Zafenathy de Paiva e “Educação Patrimonial” no qual será discutido a indicação do Forte Coimbra para compor a lista da Unesco e será apresentado pela chefe da divisão técnica do Iphan MS, Silvia Cedron e a chefe do escritório técnico do Iphan em Corumbá, Edivânia Freitas. Com informações da assessoria de imprensa. 

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE