Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
24 de Outubro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Movimentações nas equipes de governo?

Da Redação em 31 de Agosto de 2017

Boataria da Rádio Corredor dá conta de que o prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha de Oliveira, estaria preparando uma lista com nomes de servidores que poderiam ser demitidos, todos do quadro de contratados. A medida estaria sendo apontada como necessária para enxugar a folha de pagamento e consequentemente as despesas da prefeitura, deixando mais leve a máquina administrativa.

A notícia

Que não é nova, tem deixado muita gente com a pulga atrás da orelha, principalmente quem ocupa cargo comissionado e que pode ter o nome na lista. Há rumores também de troca de secretários.

Em Ladário

O prefeito Carlos Anibal Ruso, que já trocou pelo menos uns três nomes do primeiro escalão, também teria planos de demitir comissionados e enxugar as despesas do município. Ao que parece, o empresário que acreditava que a administração pública fosse moleza, ainda não se acertou com o comando do Executivo.

Sem confirmação

Por enquanto não há confirmação de demissões nem em Corumbá, nem em Ladário, mas os rumores são fortes e, onde há fumaça, há fogo. E tem muita gente com medo de sair chamuscada dessa queimada.

Por falar em queimada

O Pantanal está ardendo de novo. Ontem não dava nem para enxergar o rio Paraguai de tanta fumaça. Agosto é sempre assim, tempo seco, muito vento e falta de consciência destroem o que a região tem de mais bonito, a natureza pantaneira.

Caminho inverso

Normalmente a droga apreendida na região é cocaína e vem da Bolívia, mas desta vez a Polícia Civil desmontou um esquema que estava sendo feito ao contrário. Uma mulher de 48 anos que trazia maconha de Campo Grande para vender aqui em Corumbá foi presa.

É mais fácil

Traficar de lá para cá é tarefa mais tranquila porque nunca a polícia para os ônibus que vêm para Corumbá. O que deve chegar à cidade de coisa errada, não é brincadeira, pelo menos a maconha que os adolescentes fumavam atrás do poliesportivo já se sabe que atravessava a BR-262 para ser trazida da capital.

Preconceito

Existe um preconceito muito forte contra Corumbá por causa da cocaína boliviana que entra no país pelo município. Mas o que ninguém fala é onde essa cocaína é consumida, ou seja, a cidade leva a fama só porque é porta de entrada, as cidades onde se consome, ficam de boa...

Ações e Compartilhamento
Entre em contato com o autor
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE