Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
24 de Setembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

McGregor resiste até 10º round, mas é nocauteado por Mayweather no boxe

Terra Esportes em 27 de Agosto de 2017

Depois de 714 dias longe do ringue, Floyd Mayweather Jr. retornou ao boxe para defender a honra da modalidade contra Conor McGregor, neste sábado (26), em Las Vegas (EUA). Competente, composto e técnico, o americano nocauteou o irlandês aos 1m05seg do 10º round, mas o duelo não foi tão fácil como o previsto. O destaque da noite foi a bravura e resistência de McGregor aos ataques do ícone do boxe.

Reprodução/Twitter / LANCE!

Floyd Mayweather Jr. nocauteou Conor McGregor em luta de dez rounds

Os primeiros rounds da luta foram em ritmo acelerado. Enquanto McGregor partiu para o ataque, Floyd apenas se defendeu e teve paciência para resistir os ataques, mapear o jogo do irlandês e esperar o adversário gastar energia para um desfecho a longo prazo. Conor surpreendeu ao acertar golpes potentes e esquivar bem de ataques do americano, mas caiu de produção a partir do quinto round e viu Mayweather crescer aos poucos.

Com inteligência, paciência e muita técnica, Floyd soube cansar o irlandês, atacar suas brechas e impôr seu ritmo de luta gradativamente até se tornar dominante o suficiente para alcançar o nocaute técnico no décimo assalto da luta.

"Conseguimos dar aos fãs o que eles queriam. Falei a eles que daria o que eles queriam depois da luta contra Manny Pacquiao. Foi uma boa luta. Ele é um competidor muito duro, mas fui melhor. O plano era ganhar tempo, deixá-lo soltar os golpes mais pesados para depois entrar na luta. Falamos muito nessa tática de que ele iria usar seus golpes fortes no começo e a partir dos 25 minutos cairia de produção. Eu garanti a todo mundo que essa luta não iria até o final. A reputação do boxe estava em questão, o MMA é relevante e queria respeitar todos os fãs aqui. Como eu disse, esse foi o plano de luta e sempre disse que iria para cima. Hoje, eu escolhi o parceiro ideal para a última dança. Conor, você é um grande campeão", declarou Mayweather, logo após a vitória.

Apesar de derrota, McGregor não aparentou tristeza. Pelo contrário. O irlandês, apesar de insatisfeito com a interrupção do juiz, se mostrou feliz pelo resultado que entregou aos fãs.

"Tive de mudar meu estilo. Ele é bem composto. Dei trabalho no começo, mas me diverti. Foi apertado. Fiquei cansado, mas não caí. Tinha muito em jogo. O árbitro podia ter deixado a luta correr um pouco mais. Estava cansado, mas ele tem mais experiência e controle dos golpes. Acho que fiz um trabalho bem feito contra um cara que tem esse cartel. Foi apertado, tinha muito em jogo, não me entenda mal. Eu estava cansado, mas acho que o árbitro poderia ter deixado mais. Não tive nenhum dano maior. Vamos ver o que acontece no futuro. Não estou machucado, estou feliz, acho que tive uma performance boa. Ninguém assume esses riscos. É mais um dia para mim", afirmou o irlandês.

Com o resultado, Floyd Mayweather Jr. chegou ao número expressivo de 50 vitórias em 50 lutas no boxe. Ele quebra assim o recorde de Rocky Marciano, lenda do boxe. McGregor garantiu que após a luta volta ao MMA, onde é campeão dos leves do UFC e tem um cartel de 21 vitórias e três derrotas.

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE