Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
15 de Dezembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Funcionários da Santa Casa da Capital são presos após bombeiros invadirem hospital

Campo Grande News em 06 de Agosto de 2017

Direto das Ruas/CG News

Viaturas entrando no pronto-socorro da Santa Casa da Capital após a confusão

Dois funcionários da Santa Casa de Campo Grande foram presos, após confusão envolvendo militares do Corpo de Bombeiros, na noite de sábado (05). Os bombeiros teriam chegado à unidade com um paciente em estado grave, vítima de um acidente entre carro e moto. Tanto o atendimento quanto a entrada dos militares foi negada por conta da superlotação do hospital.

Segundo funcionários o porteiro, identificado apenas como Fabio, teria fechado o portão de acesso ao pronto-socorro. Momento em que os bombeiros teriam pulado as grades e rompido as travas dos portões.

A tensão foi tanta que virou caso de polícia. Ao menos duas viaturas da PM (Polícia Militar) se deslocaram ao local e não só o porteiro quanto um fiscal de plantão, identificado apenas como Jhony, foram levado à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) do Centro.

Após o transtorno o paciente enfim foi atendido na unidade. Ele esta consciente, seu quadro clinico foi estabilizado mas ainda expira cuidados. 

Portões fechados

Alegando superlotação a Santa Casa de Campo Grande está desde a última quarta-feira (02) com os portões do Pronto-Socorro fechados. O hospital estaria operando com 60% acima de sua capacidade.

Salas do centro cirúrgico estão sendo usadas como leitos por pacientes e desde o dia 1º de agosto a unidade também não está agendando cirurgias eletiva e as que estavam marcadas, estão sendo realizadas conforme disponibilidade dos centros cirúrgicos.

Pela manhã o prefeito Marquinhos Trad (PSD) chegou a publicar um vídeo em que faz um apelo ao hospital para reabrir os portões, o que segundo previsão da Santa Casa deve ocorrer até segunda-feira (07).

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE