Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
17 de Agosto de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Justin Gatlin vence na despedida de Usain Bolt nos 100 metros rasos

Agência Brasil em 06 de Agosto de 2017

Com o bronze na prova dos 100 metros rasos do Mundial de Atletismo de Londres, a lenda jamaicana Usain Bolt deu ontem (05) adeus às pistas nas provas individuais. Tricampeão da prova, recorde ao lado de Carl Lewis e Maurice Greene, “o raio”, desta vez, ficou atrás dos norte-americanos Christian Coleman, que ficou com a prata, e do grande rival dos últimos tempos Justin Gatlin, que levou o ouro.

Franck Robichon/EPA/EFE

Gatlin é abraçado por Bolt depois de vencer a final dos 100 metros rasos do Mundial de Londres

Ovacionado pela torcida que lotou Estádio Olímpico de Londres, Bolt largou mal, como de costume na carreira, se recuperou ao longo da prova mas não o suficiente para subir ao alto do pódio. Já Gatlin, vaiado todas as vezes que foi anunciado, conseguiu superar a torcida, uma largada ruim e dar o troco da derrota que teve para Bolt no mundial de Pequim, quando ficou com o segundo lugar.

Com o resultado, aos 35 anos de idade, Gatlin entra para a história como o atleta mais velho a vencer a prova mais rápida do atletismo. Esse é o segundo ouro do norte-americano, o anterior foi conquistado há 12 anos, em Helsinque, na Finlândia, em 2005.

Bolt, velocista com mais vitórias de todos os tempos, encerra definitivamente a carreira no próximo sábado (12). Pela manhã, ele deve disputar as eliminatórias do revezamento 4x100m da Jamaica, em busca do pentacampeonato da prova. A última oportunidade de assistir à lenda das pistas em ação será no mesmo dia, às 17h50, horário de Brasília, na final.

Ações e Compartilhamento
Entre em contato com o autor
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE