Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
19 de Agosto de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Alunos da rede estadual de ensino consomem 271 mil refeições por dia em MS

Portal de Notícias do Governo de MS em 31 de Julho de 2017

Coordenadoria de Alimentação da SED

Para a elaboração dos cardápios, são realizados cálculos para definir os valores nutricionais necessários

Elaborada por nutricionistas seguindo orientação nacional e respeitando os hábitos de cada município, a alimentação escolar em Mato Grosso do Sul conta com 271 mil refeições servidas diariamente aos alunos da rede estadual. 

Bobó de galinha, arroz branco, batata palha e salada de alface estão entre as 250 preparações disponibilizadas pela Coordenadoria de Alimentação, da Secretaria de Estado de Educação (SED). São 50 opções diárias de pratos, para as 368 escolas estaduais de Mato Grosso do Sul.

As escolhas variam conforme os hábitos alimentares de cada município e também pela preferência dos alunos. No caso de quem estuda de manhã há opções, por exemplo, de pão francês recheado com carne moída e suco natural ou canjica e uma fruta, entre outras. A escolha do cardápio do dia é feita pela escola.

Todas as opções são cuidadosamente planejadas nutricionalmente, explica a responsável pela Coordenadoria de Alimentação da SED, a nutricionista Adriana Rossato Souza. “Todas as refeições são feitas com valores de calorias, carboidratos e proteínas contendo o macronutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras) e micronutrientes (vitaminas e minerais)”, explica.

Para a elaboração dos cardápios, são realizados cálculos para definir os valores nutricionais necessários. No ensino parcial a merenda precisa atender ao menos 20% das necessidades diárias, subindo para 70% quando se trata das escolas que adotaram o turno integral. Os valores estão definidos no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e Adriana é a responsável técnica pelo cumprimento dessas exigências em Mato Grosso do Sul.

Coordenadoria de Alimentação da SED

SED prepara opções para atender especificidades que incluem desde alunos com restrição alimentar a hábitos regionais

Cheff Escolar é o nome da plataforma digital usada pela SED para fornecer as opções de cardápios às escolas. Além das 250 preparações – distribuídas em 50 opções diárias – há informações sobre os valores financeiros para as escolas se programarem.

Entre os cardápios disponibilizados online há também opções aos alunos com necessidades nutricionais específicas, como doenças celíacas, diabetes, e diversas outras. Por ano, o número de refeições servidas nas escolas de MS nos 200 dias letivos ultrapassa 54 milhões.

Ações e Compartilhamento
Entre em contato com o autor
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE