Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
16 de Dezembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Parede de antigo motel desaba e atinge duas casas no bairro Nossa Senhora de Fátima

Da Redação em 19 de Junho de 2017

Wilson ficou ferido na cabeça

Duas casas foram atingidas por parte da parede de um antigo motel que desabou na manhã desta segunda-feira (19), por volta das 06h40, no bairro Nossa Senhora de Fátima, em Corumbá. Segundo o 3º Grupamento de Bombeiros Militar, é provável que o desabamento foi causado pelos fortes ventos que ultrapassaram os 70 km/h na madrugada e pela estrutura precária do imóvel que está desativado há anos. A parede que sustentava o telhado e protegia as caixas d'água saiu sobre as duas casas. “Da parte da corporação, fizemos o isolamento, retiramos os moradores e os bens, agora o procedimento é feito pela Defesa Civil. Parte da parede que caiu nós retiramos para evitar que caísse novamente”, explicou o tenente Lennon sobre os procedimentos dos bombeiros.

A moradora de uma casa ao lado, que faz parte do mesmo conjunto de residências atingidas, Valdetice Zaurize de Souza, de 50 anos, contou que no momento do desabamento, a mãe dela,  Euditi Maria Zaurize, de 92 anos, estava dentro do banheiro e o seu irmão, Wilson Zaurize, foi atingido na cabeça pelos escombros. Ele desmaiou e em seguida foi levado ao pronto-socorro municipal.

Divulgação Bombeiros

Equipe do Corpo de Bombeiros retiraram estrutura de alvenaria que estava sobre os telhados

“Se minha mãe estivesse no quarto, ela teria morrido. Ela acordou, foi ao banheiro, e após a queda ficou presa lá, gritando por ajuda. Tivemos que arrombar a porta para que ela saísse. Meu irmão ficou machucado e acabou indo para o hospital. Moro há uns 40 anos aqui e nunca aconteceu nada desse tipo”, disse Valdetice ao Diário Corumbaense, ao ressaltar que o terreno do motel está abandonado há mais de 10 anos e virou esconderijo de criminosos, usuários de droga, prostituição e animais peçonhentos. O irmão dela recebeu atendimento no pronto-socorro e foi liberado.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Acidente aconteceu no começo da manhã desta segunda-feira

A moradora de outra residência atingida, Daniela Vieira Costa, vive desde 2013 na casa alugada. Ela mora sozinha e teve prejuízos por causa da queda do muro. “Nesse motel sempre tinha usuário de droga, gente roubando fios, o telhado, e a parede fica insustentável com o tempo”, contou. O desabamento comprometeu a sala, quarto e a copa na casa da Daniela. “Vou ter que ir para a casa da minha mãe. Meus móveis vão ter que ficar na casa de outra pessoa. Eu estava com minha mãe em Ladário no momento do desabamento, graças a Deus. Fui avisada e vim correndo para ver o estrago”, disse Daniela a este Diário.

As duas famílias tiveram de deixar as casas

O tenente Isaque do Nascimento, coordenador municipal de Defesa Civil, explicou que o antigo motel funcionava com 16 apartamentos, um do lado do outro, formando um paredão. “Segundo consta, vândalos começaram a fazer a degradação do prédio, restando apenas este paredão. Veio vento nessa ordem de mais de 70 quilômetros por hora ficando o muro propício ao tombamento”, disse o tenente.

Foi feito isolamento das duas casas atingidas. Funcionários da Secretaria de Assistência Social estiveram no local e ofereceram abrigo ou aluguel social. No entanto, os moradores preferiram ficar na casa de parentes, conforme o tenente Isaque. A Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos está calculando os prejuízos para reconstrução das moradias em caráter emergencial. A Defesa Civil vai solicitar a demolição do que restou do antigo motel, conforme a assessoria de comunicação da Prefeitura. 

Mau tempo

De acordo com o Climatempo, Corumbá chegou a registrar 12ºC no início da manhã desta segunda-feira. Dados das estações automáticas do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) indicaram que por volta da 01h, as rajadas de vento chegaram a atingir 73,4 km/h. (matéria editada para atualização de informação)

Galeria: Desabamento estrutura antigo motel

Abrir Super Galeria
Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE