Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
20 de Julho de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Campanha de conscientização sobre trânsito seguro é levada às escolas de Corumbá

Camila Cavalcante em 19 de Maio de 2017

Fotos: Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Estudantes recebem agentes da Agetrat que fazem palestras de orientação

A Agência Municipal de Trânsito de Corumbá (Agetrat) está percorrendo as escolas públicas e privadas da cidade promovendo palestras de conscientização dentro da Campanha Maio Amarelo, que tem o tema “Minha escolha faz a diferença”. Na quarta-feira, (17) a palestra ocorreu na Escola Municipal José de Souza Damy para as turmas do 9º  ano.

“A Agetrat está buscando alertar os alunos com essa campanha do Mario Amarelo para que eles tenham consciência de que o trânsito é muito perigoso, que é necessário que façam uma escolha correta em relação ao cinto de segurança, atravessar na faixa de pedestres, não atender celular ao volante, nas motos, isso tudo pensando em sua vida e na vida do próximo. Estamos levando essas palestras para todo nível escolar, desde as públicas às privada, do ensino fundamental ao EJA, no período noturno”, disse ao Diário Corumbaense o guarda municipal da Agetrat, Diego Vieira Bertini, responsável pela palestra na escola Damy.

O principal intuito do Movimento Maio Amarelo é chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. A campanha é formatada para que o poder público e a sociedade civil construam essa consciência juntos. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.

“Essa palestra nas escolas é importante. Todos os dias vemos situações perigosas no trânsito. Uma vez presenciei um acidente onde uma mulher levava duas crianças em uma motocicleta, veio um carro e acabou batendo nelas, todos ali estavam errados, pois o condutor do carro não respeitou a sinalização e a mulher, por levar crianças em uma moto. Algumas vezes já chamei a atenção dos meus pais por esquecerem o cinto de segurança, mas esse assunto é bem conversado em casa, pois pensamos na vida do próximo, tanto ao andar nas ruas, como quando meus pais dirigem”, contou a aluna do 9º ano,  Maria Linda de Jesus Silva Neto, de 16 anos.

Campanha também conta com distribuição de panfletos educativos

De acordo com a Agetrat, as visitas às escolas vão até o final de maio com o intuito de conscientização dentro da proposta do programa, que é a segurança no trânsito. A campanha também conta com as seguintes ações: decoração de fita amarela na lapela do vestuário; uso de vestuário (blusa, camisa ou camiseta) na cor amarela em dia marcado com todos os funcionários e profissionais da educação; blitz educativa; gravação de vídeo abordando o tema; ciclo de palestras em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e divulgação de ideias entre as unidades escolares através de rede social.  

A campanha

O Maio Amarelo surgiu em Indaiatuba, sendo lançado pelo Observatório Nacional de Segurança Viária – que tem a sua coordenação, mas trata-se de uma ação multissetorial, envolvendo todos os segmentos sociais para conscientizar a sociedade a assumir comportamentos mais seguros no trânsito e mudar o cenário de violência, que mata e sequela milhões em todo o mundo.

A proposta é colocar em pauta, de forma permanente, o tema trânsito para toda a sociedade, destacando que o trânsito deve ser seguro, em todas as situações para todos; incentivando a participação da população, empresas, governos e entidades, no trabalho de conscientização e prevenção de acidentes. 

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE