Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
27 de Maio de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Com 210 vagas, concurso público da Polícia Civil custará R$ 3,1 milhões

Campo Grande News em 15 de Maio de 2017

O Governo de Mato Grosso do Sul contratou a Fapems (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura de Mato Grosso do Sul) para organizar e executar o concurso público para delegado, escrivão e investigador, cujos salários vão de R$ 3,6 mil a R$ 14,2 mil. O convênio é de R$ 3,1 milhões, conforme publicação no Diário Oficial do Estado.

Segundo divulgado anteriormente pelo Executivo Estadual, são 210 vagas, 100 para investigador de Polícia Judiciária, 80 para escrivão e 30 para delegado de polícia. Ainda não foi divulgada a data de abertura do edital.

Na publicação desta segunda-feira, o governo informa a contratação “de entidade especializada para a organização, planejamento e execução das fases do Concurso Público de Provas e Títulos, para provimento dos cargos de delegado de polícia e de agente de Polícia Judiciária, nas funções de escrivão e investigador”.

Concurso

Para as carreiras de investigador e escrivão, é exigido certificado de conclusão ou diploma escolar de nível superior, em qualquer área de formação, registrado no Ministério da Educação. Ainda para os investigadores, é obrigatório ter CNH (Carteira Nacional de Habilitação), categoria “B”, “C” ou “D”. Ambas as funções pagam remuneração de R$ 3.668,17. Já para delegados (3ª classe da carreira), é exigido o bacharelado em Direito. A remuneração inicial para a função é de R$ 14.229,49.

Ações e Compartilhamento
Entre em contato com o autor
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE