Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
18 de Agosto de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Mãe comove internautas com ensaio fotográfico em homenagem ao filho e ao marido falecido

Camila Cavalcante em 14 de Maio de 2017

Os ensaios fotográficos estão se tornando cada vez mais populares em Corumbá. Ensaios de gestantes, de bebê, pré-casamento, namoro, são publicados todos os dias nas redes sociais atraindo centenas de “curtidas” e “compartilhamentos”. Porém, o ensaio proposto por Suellen Cardoso Campos Pereira, de 25 anos, foi muito além da criatividade.

“Perdi meu companheiro, o Adriano, há um ano e meio e isso foi um choque em minha vida. Quando tinha dois meses que ele havia falecido, minha irmã me mostrou um ensaio fotográfico com montagem de fotos de pessoas falecidas e aquilo me tocou. Senti uma necessidade de fazer, a imensa vontade de eternizar a figura do meu esposo junto a mim e ao meu filho que crescia”, explicou Suellen ao Diário Corumbaense.

Eder Melo

Suellen, o filho Enzo, e o marido Adriano: família eternizada pela fotografia

Em novembro de 2016, o fotógrafo Eder Souza Melo aceitou o desafio de realizar um ensaio com Suellen e o filho, Enzo Raphael, de 03 anos, e depois, encaixar imagens do marido dela nas fotos. O resultado foi comovente. “Quando a Suellen me procurou, me senti comovido e desafiado. Vi nisso uma boa oportunidade, tanto de alcance, como de tocar as pessoas, levar uma mensagem positiva. Já tinha visto certa vez essa temática, de uma mãe que havia ficado viúva jovem e com esse grande desafio de ser mãe e pai ao mesmo tempo,  acrescentando as fotos do marido falecido no ensaio. Vi que a reação das pessoas era muito forte. Seria um trabalho difícil, não pelas questões profissionais, mas, pelo fato de que tínhamos poucas fotos do marido. Fiz com muita alegria esse ensaio especial e fiquei contente com o resultado, foi o trabalho com maior repercussão  que tive. Particularmente especial,  pois perdi meu pai na mesma idade do Enzo e poderia ter tido essa oportunidade, de ter mais lembranças com meu pai. Suellen é uma grande mãe, uma guerreira”, disse a este Diário o fotógrafo Eder Melo.

A comoção das pessoas com o resultado do ensaio foi surpreendente, alcançando mais de 100 compartilhamentos no facebook, somente na página profissional do Eder, onde foi publicado, além de ganhar mais de 1,4 mil reações diversas, entre “amando” e “emocionado”. “Eu busquei no ensaio manter a imagem do meu esposo viva em nossa família. Meu filho estava crescendo e eu precisava fazer isso. Sinto que é meu papel de mãe zelar pelo nosso amor, tanto que pretendo fazer novas fotos em um próximo momento. Eu e meu esposo ganhamos um presente lindo, que é o Enzo, e eu fiquei responsável de manter essa chama do amor em nossa família. Quero mostrar às pessoas que temos sim muitos desafios, porém, com amor da família, tudo é possível. Desde já agradeço minha família, minha mãe, que é quem me ajuda com o Enzo hoje, cuidando dele para que eu possa trabalhar e nos manter”, frisou Suellen.

O marido dela, Adriano, faleceu em 05 de novembro de 2015, dia do aniversário da Suellen. Adriano deu entrada no Pronto Atendimento Médico, onde sofreu um infarto fulminante. Apesar da falta dele, Suellen segue em uma grande batalha com o filho. “O Enzo tem três anos, mas é como se fosse um bebê, agora que está se desenvolvendo, sentar, falar. Já procurei vários médicos e não consegui um diagnóstico claro se meu filho tem alguma síndrome, alguma coisa, vivemos nessa incógnita, nos superando a cada dia. Ver Enzo superar suas limitações é uma vitória e nesse momento de perda, pois ainda sinto muita falta de meu esposo, é nele quem me apoio, é no meu filho que encontro forças para trabalhar todos os dias e ser mãe e pai ao mesmo tempo”, disse emocionada.

Hoje, Suellen afirma que ser “pãe” não é fácil, mas algo que a faz muito feliz. “O Enzo não foi uma criança planejada. Quando engravidei, estava tomando anticoncepcional, foi um susto. Hoje, tenho certeza que Deus me deu o Enzo para me motivar a viver sem meu marido. Meu filho é minha vida. Por ele eu acordo, trabalho, luto, aguardo uma resposta para as limitações dele e me sinto feliz, por ter alguém que me ama e que me espera em casa todos os dias. É por ele, todos os dias”, concluiu.

 

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE