Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
28 de Junho de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

“Permuteiros” economizam e garantem presentes e guloseimas para Dia das Mães

Camila Cavalcante em 12 de Maio de 2017

O verbo mais conjugado no momento em Corumbá e Ladário é “permutar” - trocar reciprocamente. A ideia é separar itens que não tem mais serventia em casa e trocar itens e serviços na internet. O grupo criado há alguns meses ganhou 60 mil participantes nestes dez primeiros dias de maio. O montante de participantes garantirá um Dia das Mães farto, neste ano, segundo a "permuteira" Giane Flores, de 32 anos.

Foto pessoal

Giane conseguiu permutar para a data um kit de cosméticos e um bolo

“O grupo de permutas está permitindo que tenhamos um Dia das Mães mais econômico. Para esta data, consegui trocar itens pessoais por um kit de perfumes e um jogo de xícaras, para presentear familiares. Além disso, também consegui trocar um bolo para o mesmo dia. Sou autônoma, acredito como todos, que é um momento de economia e posso dizer que nesses três itens economizei cerca de 100 a 150 reais. Estou amando esse grupo”, afirmou Giane ao Diário Corumbaense.

“Nesse momento de crise, comprar presentes é algo que foge do orçamento”, salientou Antonio Avila, um dos administradores do grupo Permutando Oficial. “O grupo foi criado com a intenção de estimular os participantes, os 'permuters', a buscarem em suas coisas algo que de repente está parado, em bom estado, e que pode ser usado por outro participante. Sem um centavo de dinheiro, apenas de suas coisas ou serviços”, explicou  a administradora do grupo, Laura Castro Salles.

Acompanhando por alguns dias, foi possível perceber que inúmeros membros estão recorrendo com antecedência ao grupo a fim de garantir um Dia das Mães de qualidade e econômico. Autônomos ofertam seus serviços, como tratamentos de beleza em troca de presentes, troca de comidas, por exemplo. A “permuteira”(o termo correto seria permuters, mas hoje, o termo foi abrasileirado e ficou permuteiro, ou permuteira)  Crislaine Souza também tem aproveitado ao máximo o serviço ofertado. “Faço parte de uma congregação evangélica e consegui a permuta de vários brindes para a festa de Dia das Mães que estamos organizando. É uma forma de aproveitar o que não me serve mais em casa, mas pode ser aproveitado por outro. Desta forma, consegui contribuir com um Dia das Mães mais feliz para outras mulheres que merecem ser valorizadas neste dia”, frisou.

Os itens mais trocados para a data são kits de perfumaria, de utensílios domésticos e guloseimas, como doces e salgados. O grupo Permutando Oficial tem quatro administradores, que tem ainda Jusciely Salles e Camila Almiron como responsáveis. Os moderadores, como também são conhecidos, ficam sempre atentos e excluem postagens que ofertam a venda de produtos. É proibida a venda, a troca é a única opção.

Reprodução/Facebook

Itens mais procurados para permuta são cosméticos e guloseimas

Além das trocas, o grupo tem conseguido parcerias que ofertam brindes ao participantes. Ou seja, permuteiros de plantão lucram mais ainda. “Os sorteios sempre ocorreram desde o primeiro dia do grupo, porém, a logística de como fazê-los é que sofreu algumas alterações. Hoje, eles funcionam como posts patrocinados. A empresa que quer divulgar seu produto, serviço ou promoção, entra em contato conosco, a gente auxilia na montagem das regras do sorteio, na confecção da arte gráfica e então ele está pronto para ocorrer. Para o Dia das Mães conseguimos até esta semana oito produtos a serem sorteados até o dia 13 de maio”, contou a administradora Camila.

Das telas ao físico

O grupo de trocas, que cresce a cada dia, agora passa a realizar encontros onde os membros podem se conhecer, interagir, e é claro, fazer o escambo. “O grupo deu tão certo, que já realizamos um encontro físico, onde houve sorteio de lanches, as pessoas puderam se conhecer, foi muito bom. Temos projetos sendo elaborados para que um encontro maior ocorra, com mais permuters. Lógico que não temos previsão de data, até porque a gente entende que é necessário uma organização severa no quesito detalhes para que possamos oferecer um ambiente bacana, seguro e confortável para todos os participantes. Afinal, somos uma família de mais de 60 mil agora, né?”, concluiu o administrador Antonio Avila.

E você que quer integrar essa família de trocas, de permutas, ou podemos ainda dizer, escambo, basta acessar a página do grupo (https://www.facebook.com/groups/438346586507115/?ref=ts&fref=ts), separar seus itens que não lhe servem mais e ser mais um permuteiro de Corumbá ou Ladário.

 

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE