Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
27 de Maio de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Independente de resultado, presidente do Corumbaense diz que conta com apoio da torcida

Ricardo Albertoni em 06 de Maio de 2017

Arquivo Diário/Anderson Gallo

Estádio estará lotado para o último jogo da final do Campeonato Estadual

O estádio Arthur Marinho está prestes a sediar um dos maiores eventos esportivos da história de Corumbá. A cidade vive a expectativa em torno do último jogo da final do Campeonato Estadual 2017, disputa que não acontece em Corumbá desde 1984, quando o time da cidade conquistou seu único título da elite do futebol de Matto Grosso do Sul.

Ciente da festa que os torcedores farão no domingo (07), o presidente do Corumbaense, Luiz Bosco Delgado, elogiou o comportamento da torcida durante os jogos da equipe e pediu para que os torcedores apoiem o time nas arquibancadas, independente de resultados, já que uma atitude fora do normal pode custar multas ao clube e até mesmo a interdição do estádio.

Ricardo Albertoni

Presidente do Corumbaense, Luiz Bosco Delgado, elogiou o comportamento da torcida durante os jogos do clube

“O comportamento da nossa torcida é espetacular, sempre foi assim. Respeitamos muito o adversário e sabemos que será um jogo muito difícil contra o Novo. Se ganharmos, pedimos para que os torcedores não tentem entrar no campo para comemoração porque nós temos uma Série D, uma Copa do Brasil e tudo isso é fator impeditivo para que os jogos sejam sediados no nosso estádio. Já pensou a gente ter que se deslocar para Campo Grande, assistir no Morenão, os jogos do Corumbaense que poderiam ser realizados em Corumbá?", destacou Bosco.

O presidente lembrou que o objetivo da temporada, a vaga para a Série D e Copa do Brasil, já foi conquistado. A vitória pode não vir, mas afirmou que não faltará empenho durante os 90 minutos. “Temos que estar preparados para tudo, vitória, derrota. Temos que fazer o nosso papel de torcedor, de maneira equilibrada, alegre e se Deus quiser conseguiremos o resultado positivo. Todos, torcida, jogadores, comissão técnica, diretoria estão empenhados. Se não for possível, temos que agradecer a Deus por essa festa maravilhosa. Já atingimos o objetivo, as duas competições nacionais, se consegurmos o título será fantástico, mas com respeito ao adversário, temos que botar o pé no chão, ter calma, respeito, admiração pelo Novo, que não chegou aqui por acaso", frisou.

Ricardo Albertoni/Diário Corumbaense

Robinho, que conseguiu estabelecer uma boa sintonia com a torcida

O lateral Robinho, que virou "xodó" da torcida também ressaltou o comportamento dos torcedores. "Essa torcida é maravilhosa, não tem nem explicação. Que ela venha no intuito de nos apoiar, com calma, tranquilidade, vai ser um jogo difícil. Tenho certeza que eles não farão nada que prejudique o clube e eles mesmos, até porque temos a Copa do Brasil e a Série D que é muito importante o mando de campo, mas tenho certeza que todos farão uma festa tanto aqui quanto lá fora, no telão, torcendo e fazendo a diferença”, disse Robinho ao Diário Corumbaense.

Como explicou o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira em entrevista na sexta-feira (05), a equipe de arquitetura e engenharia da Prefeitura já está fazendo um projeto de revitalização do Arthur Marinho para que, no primeiro momento, a capacidade do estádio, hoje de 5 mil torcedores, seja ampliada. Após isso, a realização de obras como a cobertura da arquibancada descoberta, instalação de assentos, espaço para a mídia, entre outras, também deve ocorrer. O projeto deve ficar pronto em 30 dias e a partir daí a Prefeitura deverá buscar parcerias para a obtenção de recursos necessários para implementação das melhorias ainda a tempo para as competições nacionais.

Corumbaense e Novo jogam às 15h deste domingo (07). O time da casa precisa de apenas um empate para conquistar o segundo título estadual de sua história.

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE