Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
18 de Dezembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Saúde recebe viatura e vai poder ampliar prevenção contra DSTs e Aids

Da Redação em 28 de Março de 2017

Clóvis Neto/PMC

Veículo foi entregue pelo prefeito nesta manhã, no Paço Municipal

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira entregou um veículo Spin LTZ 1.8, com sete lugares, para a Secretaria Municipal de Saúde na manhã desta terça-feira, 28 de março. O carro – adquirido com recursos federais através do Gerenciamento das Ações do Programa Nacional de HIV/AIDS e outras Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), pelo valor de R$ 69 mil – vai atender às ações da Prefeitura de Corumbá no trabalho de prevenção e promoção da vigilância em saúde no município. 

A vigilância em saúde tem como objetivo a observação e análise permanentes da situação de saúde da população. Ela define um conjunto de ações destinadas a controlar determinantes riscos e danos à saúde de populações que vivem em determinados territórios. São as ações de vigilância à promoção, prevenção e controle de doenças e agravos à saúde. Já a vigilância epidemiológica reconhece as principais doenças de notificação compulsória e investiga epidemias que ocorrem em territórios específicos e age no controle delas.

"Infelizmente houve aumento de pessoas com doenças sexualmente transmissíveis, como a sífilis, condiloma (crista de galo), gonorreia, e também a AIDS. Não podemos esquecer as hepatites, principalmente a B, que é sexualmente transmissível. A forma da transmissão é uma só e temos de incentivar o uso do preservativo e a prevenção. Que as pessoas façam o teste, para que uma vez detectada a doença, consigam, tratando, rapidamente debelar essa situação por falta de prevenção”, informou o médico referência DST AIDS Hepatites Virais em Corumbá, José Márcio Martins Faria, que trabalha no Centro de Saúde João de Brito.

Atendimento extramuros

O carro vai ser usado no trabalho extramuros dos profissionais. “O veículo facilitará esse trabalho de prevenção nas escolas, nos assentamentos, nos presídios. Acredito que voltaremos a ter uma baixa nessas doenças, por conta da informação que poderemos levar à população”, disse o médico.

O secretário de Saúde, Rogério Leite, reforçou que o Município oferece tratamento gratuito no Centro de Saúde João de Brito, que funciona das 07h às 11h e das 13h às 17 horas na rua Cyríaco de Toledo, 1670, bairro Aeroporto. “Temos toda uma equipe preparada”, disse. São três médicos (um clínico, ginecologista e pediatra) e três psicólogos, além de outros profissionais de saúde.

Por sua vez, a coordenadora do Programa Municipal IST/AIDS, Sionéia Galharte Trotta, explicou que a demanda é espontânea para atendimento no João de Brito. “Não precisa passar por posto antes, é só procurar pelo serviço. O paciente chegou é atendido”, disse. “Todo o tratamento é feito por lá, tanto de HIV como de DSTs e hepatites. Temos um laboratório onde são realizados nossos exames e temos a farmácia com a medicação antirretroviral e para as demais DSTs”, completou. O Centro de Saúde João de Brito atende uma média de 2 mil pessoas por mês. Com informações da assessoria de comunicação da PMC

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE