Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
21 de Outubro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Empresa é multada em R$ 100 mil por obra ilegal no Paraguai Mirim

Rosana Nunes em 12 de Março de 2017

Fotos: Divulgação/PMA

Casa construída em área de preservação permanente

Empresa com sede em São Paulo foi multada em R$ 100 mil por crime ambiental e descumprir o embargo de obra pela Polícia Militar Ambiental. Equipe da PMA fazia fiscalização na região do Paraguai Mirim, quando constatou a construção de uma casa e de uma estrada dentro de área de preservação permanente. A empresa, proprietária da fazenda, distante 130 quilômetros de Corumbá, descumpriu ordem de interdição e acabou de construir uma residência em alvenaria.

Além disso, abriu uma estrada na área protegida. As atividades foram interditadas novamente e além da multa, os responsáveis pela empresa também responderão por crime ambiental, cuja pena em caso de condenação, varia de um a três anos de detenção.  

Uma estrada também foi aberta irregularmente

Ações e Compartilhamento
Entre em contato com o autor
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE