Menu
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

PMA atende solicitação de Ministério Público e multa fazendeiro

Caline Galvão em 08 de Março de 2017

Atendendo à solicitação do Ministério Público Estadual, a Polícia Militar Ambiental realizou, na terça-feira (07), vistoria em propriedade rural na região de Corumbá que no fim do ano passado explorou 260 metros cúbicos de madeira protegida por lei sem autorização legal. Além da exploração de aroeira, o infrator também derrubou 0,64 metro cúbico da essência de piúva, também sem licença ambiental.

Divulgação PMA

Fazendeiro explorava aroeiras e já havia sido autuado ano passado

O MPE determinou que o fazendeiro apresentasse até o dia 06 de fevereiro deste ano a documentação solicitada, mas ele não cumpriu a ordem. O fazendeiro, de 37 anos, já havia sido autuado em 2016 em R$ 15,3 mil por exploração de madeira ilegal e agora autuado novamente em R$ 10 mil por não apresentar a documentação necessária dentro do prazo determinado pelo MPE.

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE