Menu
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Governo do Estado forma mais de 400 agentes penitenciários nesta semana

Notícias MS em 30 de Janeiro de 2017

O Governo do Estado realiza na quarta-feira (1º) a maior formatura de agentes penitenciários da história de Mato Grosso do Sul. Mais de 400 profissionais irão se formar e reforçar o funcionalismo da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciária (Agepen), que atualmente conta com 1.379 servidores.

Com as presenças previstas do governador Reinaldo Azambuja e do secretário de Justiça e Segurança Pública José Carlos Barbosa, a solenidade de formatura será feita no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, às 08h30.

Os agentes serão lotados nas 45 unidades prisionais do Estado, onde irão atuar nas áreas de segurança e custódia, assistência e perícia e administração e finanças. Os novos servidores poderão ainda trabalhar em uma das três novas unidades prisionais que estão sendo construídas em Campo Grande pelo Governo do Estado, por meio de convênio com o Ministério da Justiça e Cidadania, via Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

Antes de assumir os cargos, os novos profissionais da Segurança Pública passaram por uma série de testes, exames e aulas. O mais recente foi o curso de formação que teve início em 24 de novembro de 2016 e duração de mais de dois meses. Foram 10 turmas de alunos que tiveram conhecimento sobre direitos humanos e cidadania, legislação, gerenciamento de crise, defesa pessoal, primeiros socorros e outros.

Entre os aprovados, além de sul-mato-grossenses, estão pessoas do Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Rondônia, Bahia e Pernambuco.

O diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia, destaca que os agentes que serão formados pelo Estado não atuarão como “simples carcereiros”. Todos, segundo Stropa, “têm nível de escolaridade superior e são treinados também para o trabalho de ressocialização, o que é fundamental para a humanização e para desafogar o sistema penitenciário”.

Novos presídios

Em Campo Grande estão sendo construídos três presídios no complexo da Gameleira: dois masculinos, com 603 vagas cada, e um feminino, com 407 vagas. Com exceção do feminino, que teve atraso no cronograma em razão de falhas no projeto, as obras da Gameleira serão inauguradas ainda neste primeiro semestre.

Em Corumbá a ampliação do presídio abriu 90 vagas, que serão ocupadas após a formação dos novos agentes penitenciários.

Em Coxim, estão em andamento as obras de ampliação do presídio, que terá mais 144 vagas. O mesmo número de vagas será aberto também com ampliação do presídio de Ponta Porã.

Com o aporte de R$ 54.640.972,22 liberados pelo Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), o Governo do Estado vai destinar R$ 31.944,444,44 para a construção de dois presídios em Dourados, um masculino com 800 vagas, e um feminino, com 400 vagas, além de um presídio de regime semiaberto em Corumbá.

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE