Menu
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

PM vistoria estádio e Funec encaminha liberação de laudos para Série A

Ricardo Albertoni em 12 de Janeiro de 2017

Fotos: Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Laudo da Polícia Militar é uma das exigências para liberação do estádio

Com a proximidade da estreia do Corumbaense no Campeonato Estadual da Série A, no final do mês, a Fundação de Esportes de Corumbá (Funec), que administra o Estádio Arthur Marinho por meio de convênio com a LEC (Liga de Esporte),  se movimenta para a liberação da praça de esportes.

Na tarde de quarta-feira (11), a Polícia Militar realizou vistoria para avaliar as condições de segurança do local e pontuar as alterações que serão necessárias. “A Polícia Militar fez uma avaliação prévia para que sejam realizadas adequações no estádio. Eles possuem o documento do Ministério dos Esportes com os parâmetros que precisam ser adequados e nós temos o nosso relatório que vai ser avaliado pelo Comando do Batalhão. Foram repassados para a coordenação do estádio os pontos que precisam ser alterados para que sejam realizadas as modificações”,  explicou a tenente da Polícia Militar, Letícia Escobar.

De acordo com o diretor-presidente da Funec, vice-prefeito Marcelo Iunes, a situação do estádio está “sob controle”.  A vistoria do Corpo de Bombeiros e a de engenharia já foram realizadas e a Prefeitura também está trabalhando para realizar as outras adequações solicitadas pela Federação de Futebol de MS que incluem instalação de câmeras, bebedouros, grades de segurança, entre outras.

“Além dos laudos, que estamos providenciando, a Federação fez algumas exigências, que também já estão encaminhadas. Estamos trabalhando para a liberação do estádio e já está sendo tudo providenciado conforme o figurino. Placas de sinalização, pintura, câmeras, está tudo sob controle”, afirmou Iunes.

Além das questões relacionadas à segurança e conforto dos torcedores, foram realizados investimentos com o objetivo de melhorar a qualidade do futebol no campo. De acordo com a Funec, o campo recebeu investimentos em fertilizantes para melhorar a qualidade da grama.

Vice-prefeito e presidente da Funec garante que todas as mudanças necessárias estão sendo feitas

“O campo hoje, pode ver que ele está bonito, fizemos um investimento grande em fertilizantes, reformamos os banheiros, vestiário, realizando trabalhos de pintura, ou seja, estamos deixando a casa em ordem para que o torcedor venha prestigiar o Corumbaense que vai em busca do título tão sonhado”, disse o vice-prefeito.

Caldeirão do Carijó

O Arthur Marinho é o estádio que registra maior público em Mato Grosso do Sul. O estádio tem capacidade  hoje para 5 mil torcedores, mas esse é um número que pode mudar caso o Carijó se classifique para as quartas de final da competição. De acordo com o diretor-presidente da Funec, a ideia é ampliar o público para 7.500 pessoas com a instalação de arquibancadas móveis.

“Hoje, temos uma capacidade para 5 mil pessoas, mas temos a ideia de ampliação em caso de uma classificação para a segunda fase em diante. Seriam arquibancadas móveis com capacidade para mais 2.500 pessoas atrás do gol, na parte sul do estádio, para fazer um verdadeiro Caldeirão do Carijó aqui em Corumbá. Isso exigiria novos laudos, mas é possível fazer, tudo obedecendo as exigências da federação e segurança”, concluiu Marcelo Iunes.

 

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE