Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
21 de Agosto de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Sensação térmica deve permanecer alta em Corumbá, segundo a meteorologia

Caline Galvão em 10 de Janeiro de 2017

O ano mal começou e com ele as altas temperaturas do verão chegaram para valer. O domingo (08) já está sendo considerado o dia mais quente de 2017. As temperaturas médias para o mês de janeiro dos últimos 30 anos em Corumbá são de 33°C de máxima e 25°C de mínima, de acordo com a meteorologia. No entanto, no domingo, picos de calor foram percebidos em várias partes do Mato Grosso do Sul e em Corumbá não foi diferente. Por volta das 15h, os termômetros marcaram 36,4°C e a umidade relativa do ar chegou a atingir mínima de 36%. A sensação térmica alcançou os 40°C. A segunda-feira (09), que começou com 27°C às 07h da manhã, atingiu os 36,8°C às 14h, conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET).

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Sensação térmica chegou aos 40°C em Corumbá

“Estou tomando muito tereré e ficando sempre na frente do ventilador, porque está muito quente”, afirmou Dery Mendes, que caminhava pelo centro de Corumbá em companhia de Alyssiane Kesley de Melo. As duas resolveram deixar currículos em empresas, mas não se esqueceram de comprar açaí para se refrescar. “Estou usando também roupas mais leves e evitando sair no sol”, disse Dery. Já Alyssiane resolveu começar o ano usufruindo dos balneários da cidade. “Eu tomo bastante tereré, muita água, tomo banho com frequência. No domingo estava quente demais, acho que o mês de janeiro deve ser mais quente”, acredita Alyssiane.

Família completa tomando sorvete passava pela calçada do centro da cidade na tarde de segunda-feira. Kelly Miranda contou que toma bastante líquido neste período de verão e um sorvete de vez em quando é sempre bem-vindo. “A gente também frequenta balneários, ameniza bastante o calor”, afirmou a moradora, que percebeu o clima bastante quente em Corumbá desde o dia primeiro de janeiro.

Natálio Abrão Filho, meteorologista da Uniderp/Anhanguera, afirmou ao Diário Corumbaense que a sensação térmica elevada deve continuar nos próximos dias e as máximas devem ficar acima dos 35°C. “Pela região de Corumbá, uma massa de ar seca está atuando incluindo o norte do Paraguai e o sul da Bolívia. Até sexta-feira, a situação ficará assim”, disse Natálio. Com relação ao ano de 2017, ele afirmou que não tem como antever se será um ano com mais calor ou não devido ao fenômeno La Niña, posteriormente haverá uma neutralidade no tempo. O verão seguirá quente e com chuvas mal distribuídas.

Moradores aproveitam para se refrescar com açaí, sorvetes e muito líquido

Para esta terça-feira (10), as chances de chuvas são de 40% entre às 14h e 17h em Corumbá. O meteorologista informou ainda que haverá mudanças nas condições do tempo a partir de quarta-feira (11). Uma área de baixa pressão no Paraguai irá reforçar as áreas de instabilidade na região de Corumbá, podendo ocorrer pancadas de chuvas isoladas em toda a área oeste e sudoeste do Estado.

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE