Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
19 de Agosto de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Nei César destaca pré-temporada para preparação do Corumbaense

Ricardo Albertoni em 09 de Janeiro de 2017

Treinando desde o dia 03 de janeiro, quando retornou do recesso de fim de ano, o Corumbaense Futebol Clube já se prepara para o início do Campeonato Estadual da Série A no fim do mês. O time tem realizado trabalhos conduzidos pelo preparador físico Dieckison para recuperar o preparo dos atletas.

Fotos: Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Pré-temporada do Corumbaense começou em dezembro foi retomada na semana passada

De acordo com o técnico Nei César, graças à pré-temporada de 23 dias em dezembro e ao comprometimento dos atletas durante a folga, os trabalhos específicos de grau leve, servem apenas para manter a forma adquirida na primeira etapa da preparação. “Foi muito importante iniciar o trabalho antecipadamente. Quando isso acontece você consegue detectar todos os problemas e também fazer a análise dos atletas, no aspecto físico, clínico e técnico. Não tivemos muitos problemas de forma física com os atletas quando eles chegaram ou retornaram, isso mostrou que estão comprometidos e tudo isso é gratificante, nos deixa a impressão que estamos no caminho certo”, disse o treinador ao Diário Corumbaense.

Durante os próximos dias, o time vai ser trabalhado taticamente, com o objetivo de mostrar para os jogadores o esquema de jogo que deverá ser adotado. Nas palavras do técnico, este deverá ser “o mais simples possível, porém efetivo”. Apostando em efetividade e prometendo “entrega” dos jogadores dentro de campo, o comandante do Carijó prefere não falar de protagonismo do time durante a competição. Ele entende que apesar de os adversários enxergarem o Corumbaense como favorito, o grupo não vai pensar desta forma.

Técnico do Carijó destaca comprometimento do elenco

“Acredito que é cedo para falar em título, porque não podemos dar munição aos adversários. Vamos trabalhar no anonimato. É óbvio que hoje, vendo as condições dos outros times, todos nos veem dessa maneira, como protagonistas. Sabemos que a partir do momento que um atleta entra em campo não importa a condição que ele está passando, ele entra pra ganhar, então, essa condição de favoritismo, eu descarto. Estamos trabalhando e vamos tentar ser efetivos,  um jogo de cada vez, com os pés no chão, porque a partir do momento que você começa a se portar como melhor diante dos outros, isso acaba fortalecendo o adversário”, afirmou Nei César.

Apesar de muitos times terem se mexido pouco para o início do campeonato, o técnico destaca que a chave não deverá ser menos complicada que os anos anteriores e ressalta a qualidade do Urso, campeão da Série B.

“Não dá para analisar os times ainda, o que não diminui a força que entrarão na competição. Eu já tive condições de montar times faltando 15 dias para começar um campeonato e chegar à semifinal de uma competição jogando contra grandes equipes, como Luverdense por exemplo. É cedo para falar dos adversários, mas o que eu posso dizer é que já tem uma década que essa chave é a mais difícil, e esse ano não será diferente. Será um campeonato muito difícil e devemos estar preparados. O Águia Negra sempre foi um time muito forte, assim como o Sete, o Ivinhema, o Naviraí. O Urso tem uma força muito grande, temos que ter muito cuidado. Nós temos que estar preparados e é isso que estou falando para os atletas, não pensem que vai ter 'filé mignon' não, só vai ter mocotó mesmo”, finalizou Nei César.

Em readaptação

Em readaptação ao futebol nacional, o atacante Tiago Faria – que vem das baixas temperaturas do futebol croata – tem sentido o forte calor da região. O atacante destacou a dificuldade que o clima impõe aos atletas, mas ressalta que para a conquista de um objetivo é preciso vencer as dificuldades. “O clima que está atrapalhando um pouco, mas está sendo bacana estar aqui. Saí com -7° C da Croácia e essa diferença faz a gente sentir um pouco. Por outro lado, estou tendo apoio e ajuda de todos, companheiros, diretoria, comissão técnica e se Deus quiser já no primeiro jogo estarei completamente readaptado para dar alegria para essa torcida maravilhosa”, afirmou Tiaguinho a este Diário.

Atacante Tiaguinho está se readaptando ao futebol nacional; estava jogando na Croácia

O jogador explicou que espera um bom campeonato e destacou a organização do Corumbaense. “A minha perspectiva para a competição é a melhor possível, sabemos que a competição é forte, mas sabemos que temos um elenco muito qualificado. Se Deus quiser, tudo vai correr bem e vamos buscar o título para esse time que merece, já que é um dos poucos times que pagam corretamente no estado”, completou o jogador.

O Corumbaense está no Grupo B do Campeonato Sul-Mato-Grossense ao lado de Ivinhema, Naviraiense, Águia Negra, Sete de Dourados e Urso. A estreia do Carijó está marcada para o dia 29 de janeiro, no Arthur Marinho, contra o Águia Negra.

Ações e Compartilhamento
Comentários:

Paulo Giovani: E muita sacagem com os times do interior do estado, por isso que o nosso futebol não vai pra frente. Me respondam o porque 4 times da capital estão jogando na mesma chave?

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE