Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
25 de Maio de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Arthur Marinho deve ter câmeras de segurança e mais dezesseis adequações em 2017

Ricardo Albertoni em 21 de Dezembro de 2016

Dezesseis adequações no estádio Arthur Marinho, onde o Corumbaense manda seus jogos no Campeonato Estadual da Série A, foram solicitadas pela Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul para 2017. Além do estádio corumbaense, outros oito, que irão sediar jogos da  competição, que começa no dia 28 de janeiro, deverão realizar melhorias em sua estrutura.

Arquivo Diário/Anderson Gallo

Adequações visam garantir segurança e conforto a torcedores e atletas durante os jogos

Entre as solicitações da FFMS para o estádio Arthur Marinho, destaca-se a interdição das vias laterais do estádio nos dias de jogos; a instalação de bebedouros; melhorias para atender os torcedores visitantes com a instalação de grades separando as torcidas, a construção de bilheteria e banheiros em setor reservado e construção de setor específico para PNE (Portadores de Necessidades Especiais).

As adequações visam garantir segurança e conforto a torcedores e atletas durante os jogos, reforça a FFMS. A maioria é de simples execução como sinalização interna com uso de placas para orientação de torcedores, e ações de fiscalização nos arredores no intuito de coibir a venda de bebida alcóolica nas ruas próximas ao estádio. A medida de maior evidência, talvez a que acarretará maior custo, é a instalação de câmeras que possibilitem a filmagem de todos os torcedores que entrarem no estádio, para que as imagens fiquem a disposição das autoridades competentes.

Hoje, o estádio Arthur Marinho é administrado pela Funec (Fundação de Esportes de Corumbá) por meio de convênio com a Liga de Esportes (LEC), válido até dezembro de 2017. O atual diretor-presidente da Funec, Elvécio Zequetto, informou ao Diário Corumbaense que alguns laudos, como os de Vigilância Sanitária e Ambiental, já foram renovados. Quanto aos que se referem à segurança e combate a incêndio e pânico, estão em andamento. Zequetto destacou que algumas novas exigências e o período de recesso de fim de ano têm dificultado as providências para a obtenção dos novos laudos. Toda a situação do estádio será repassada ao novo diretor-presidente da Funec, vice-prefeito Marcelo Iunes, que assume o cargo no dia 1º de janeiro.

Confira abaixo todas as adequações solicitadas pela FFMS no estádio Arthur Marinho

 1 – Sinalização com placas fixas dos setores onde os torcedores devem se dirigir;

2 - Interdição das ruas que fazem frente as arquibancadas cobertas e as descobertas nos dias de jogo;

3 – Tomar medidas que visem coibir a venda de bebida alcoólica nas ruas em frente aos setores das arquibancadas cobertas e descobertas;

4 – Adequação de uma bilheteria em cada setor para PNE;

5 - Colocação de placas informativas sobre preços de ingressos e setores, ainda onde o torcedor/consumidor poderá encontrar o regulamento e tabela do campeonato;

6 – Colocação de catracas a fim de verificar o quantitativo de público;

7 – Colocação de grades a fim de ordenar a entrada do torcedor e possibilitar a revista antes da passagem da catraca;

8 – Numeração dos lugares das arquibancadas estabelecendo como norma 50cm para cada torcedor e onde possui as cadeiras plásticas numera-las adequadamente por setor;

9 – Colocação de bebedouro de água potável com copos descartáveis para os torcedores;

10 - Construção de bilheteria e banheiros no setor reservado ao torcedor visitante;

11 – Construção de setor especifico para o PNE com a devida demarcação com o símbolo internacional, com possibilidade de banheiro adaptado e bar.

12 – Colocação de grade separando os torcedores visitantes;

13 – Designar um local para a delegação visitante com a garantia de segurança;

14 – Garantir a segurança do ônibus da delegação visitante não permitindo a aproximação de torcedores locais quer por barreiras físicas ou humanas;

15 – pintura das escadas(degraus) em cor amarela, que servem como corredor de fluxo, colocando seguranças no sentido de impedir que o torcedor as ocupe, impedindo assim o fluxo de pessoas ao setor das cadeiras;

16 – demarcação do campo de jogo dentro das medidas oficiais de 105mx68m, assim como a colocação dos gols em tamanho oficial de 7,32 metros de comprimento e 2,44 metros de altura.

I - Essas medidas são complementares as exigências dos Laudos estabelecidos na Portaria 290 do Ministério dos Esportes.

II - Todos os estádios deverão providenciar câmeras que possibilitem a filmagem de todos os torcedores que adentrarem aos jogos, COM ESSAS IMAGENS FICANDO A DISPOSIÇÃO DAS AUTORIDADES COMPETENTES, sem necessidade de estabelecer a central de monitoramento, pois nenhum poderá ter público igual ou superior a 10.000 torcedores.

III – Todos os estádios deverão ter o Serviço de Atendimento ao Torcedor – SAT, com local devidamente identificado por uma barraca ou similar, onde o torcedor a qualquer momento possa postar suas reclamações ou sugestões e estas sejam encaminhadas ao Ouvidor da competição.

IV – Todos os estádios deverão providenciar 1 (um) orientador a cada 250 torcedores presentes.

 

Ações e Compartilhamento
Comentários:

Ademilson Baptista da Silva: Deveriam retirar as placas de propaganda que ficam na linha lateral do gramado do Estádio das arquibancadas descobertas , pois os torcedores não tem a visão exata da saída de bola .

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE