Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
18 de Outubro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Real leva susto de japoneses, mas vence com três de CR7 e fatura 5º Mundial

Uol Esportes em 18 de Dezembro de 2016

O Real Madrid conquistou, neste domingo, o mundo pela quinta vez e se tornou o maior vencedor de Mundiais da história do futebol. Mas não foi nada fácil. Para alcançar esta marca, o time merengue precisou até da prorrogação (após 2 a 2 no tempo normal) para 'espantar a zebra' no estádio de Yokohama e vencer o surpreendente Kashima Antlers por 4 a 2, com três gols do sempre decisivo Cristiano Ronaldo – Benzema abriu o placar.

Kazuhiro Nogi

Cristiano Ronaldo terminou a partida sendo decisivo, com mais um hat-trick na conta

O time japonês chegou a ficar à frente no placar (2 a 1) no começo do segundo tempo, teve algumas oportunidades claras de gol no fim do jogo, mas deixou Cristiano Ronaldo livre para marcar dois gols na prorrogação e definir o título a favor do Real Madrid.

Sérgio Ramos ficou bem perto de ser expulso no fim do jogo após parar um contra-ataque - seria o segundo amarelo do jogador espanhol. O juiz chegou a colocar a mão no bolso, mas recuou e não mostrou cartão para o zagueiro. Seria um jogo de 11 contra 10 para os japoneses na prorrogação. O lance foi classificado como 'escândalo e ridículo' pelo jornal catalão Sport. 

Maior vencedor de Mundiais

Com a taça deste domingo, o Real Madrid ultrapassa o Milan e se isola como maior vencedor de Mundiais. Foi o quinto título do time merengue, que já havia conquistado o mundo em outras quatro oportunidades: 1960, 1998, 2002 e 2014 - vale lembrar que os três primeiros ainda não eram organizados pela Fifa. O time italiano venceu o Mundial em 1969, 1989, 1990 e 2007.

Ações e Compartilhamento
Entre em contato com o autor
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE