Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
25 de Junho de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Iagro alerta para prazo de registro de vacinação contra febre aftosa em MS

Notícias MS em 30 de Novembro de 2016

Nesta quarta-feira, 30 de novembro, chega ao fim a segunda etapa de vacinação contra a febre aftosa em Mato Grosso do Sul nas regiões do Planalto e Fronteira. Na região do Pantanal esse prazo vai até dia 15 de dezembro.

Com 9.215.889 doses da vacina adquiridas a Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) chama a atenção para o prazo de registro dessa vacinação realizada em bovinos e bubalinos com até 24 meses de idade nas regiões do Planalto e Fronteira e em todo rebanho dos produtores do Pantanal que optaram pela vacinação em novembro.

Divulgação/Notícias MS

Na região do Pantanal, a vacinação segue até o dia 15 de dezembro

Nas regiões do Planalto e Fronteira os produtores tem prazo até 15 de dezembro para realizar o registro. Já na região do Pantanal a vacinação é realizada ate 15 de dezembro, e o registro pode ser feito até 30 de dezembro. Em todos os casos, o registro da vacinação pode ser realizado diretamente pelo produtor no site www2.iagro.ms.gov.br, ou em casos específicos, e a critério da Iagro, em seus escritórios locais.

Segundo relatório da Agência, até o ultimo dia 15, já havia sido comunicada a vacinação de 4.470.039 animais no sistema e-Saniagro, o que representa apenas 49,31% do numero de doses adquiridas junto aos estabelecimentos comerciais.

Por conta de Mato Grosso do Sul ter na pecuária a base de sua economia e possuir o maior número de plantas frigoríficas que exportam carne in natura para os Estados Unidos a a busca por manter excelência do serviço oficial de defesa animal no Estado é constante. Mato Grosso do Sul obteve índice de cobertura vacinal na última campanha de 99,4%, número que representa o terceiro melhor resultado do País e vem evoluindo a cada ano.

Desde 2006 Mato Grosso do Sul não registra focos do vírus da febre aftosa, e desde 2008 o Estado, que possui 20.379.329 cabeças de gado, mantem o status de zona livre da doença.

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE