Menu

Meio Ambiente + Seções

Fale Conosco
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

PMA autua empresa por desmatamento, incêndio e exploração ilegal de madeira

Caline Galvão em 24 de Setembro de 2016

No início da tarde de sexta-feira (23), a Polícia Militar Ambiental em Corumbá autuou uma empresa de alimentos por desmatamento, exploração de madeira irregular e incêndio. A ação aconteceu no assentamento Mato Grande, onde se verificou desmatamento de 10 hectares medidos com GPS e exploração de madeira resultante da derrubada de árvores das espécies piúva e castelo de forma ilegal. Foram apreendidos três metros cúbicos da madeira que estava sendo utilizada para estacas de cerca.

Divulgação PMA

Piúva e castelo foram as espécies de árvores exploradas ilegalmente; empresa foi autuada em mais de R$ 20 mil

No momento que a PMA chegou ao local, estavam sendo incendiados restos de vegetais resultantes do desmatamento nas leiras envolvendo madeira grossa, o que é proibido mesmo quando há autorização legal para o desmatamento. A empresa possuía recibo de compra e venda do lote, o que também é ilegal, e a PMA passará a informação ao Instituto Nacional de Reforma Agrária (INCRA), para a possível retomada do lote.

As atividades foram interditadas. A empresa atacadista, importadora e exportadora de gêneros alimentícios, foi autuada administrativamente e multada em R$ 20.900,00. Os responsáveis responderão por três crimes ambientais e, se condenados, poderão pegar pena de três a seis meses de detenção pelo desmatamento; de seis meses a um ano de detenção pela exploração da madeira; e de dois a quatro anos de reclusão pelo incêndio do produto vegetal ilegalmente. 

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
Assine o Diário

O Diário Corumbaense, o único jornal diário da região, oferece informação de qualidade e credibilidade aos seus leitores todos os dias.

Ligue: (67) 3232-4690 ou (67) 3232-4691 contato@diariocorumbaense.com.br

Assinar agora!
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE