Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
23 de Abril de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Ministério do Turismo inclui São João de Corumbá em roteiro nacional de eventos

Fonte: Portal Brasil em 03 de Junho de 2016

Reprodução

São João é o festejo popular mais comemorado pelos brasileiros depois do Carnaval. As celebrações, em homenagem aos santos católicos Santo Antônio, São Pedro e o próprio São João, movimentam o calendário a partir de maio, tem seu ápice no mês de junho, e são terminam em agosto. Do total de mil eventos cadastrados no Calendário Nacional de Eventos Turísticos, do Ministério do Turismo, 54 são dedicados à festa que combina religiosidade popular, comidas típicas, danças típicas e muita música regional, movimentando o turismo País.

O Nordeste é a região que concentra o maior número de festas e as maiores atrações do período. Entre os grandes eventos que abrangem praticamente todo o mês de junho – de 04 a 26 – estão as festas de Caruaru (PE), Campina Grande (PB) e Mossoró (RN). Todas as capitais da região comemoram o São João com shows populares, além dos tradicionais arraiás, nos bairros, e os festivais de quadrilhas juninas. Outras capitais com tradição nos festejos são Aracaju (SE), Teresina (PI), e Salvador (BA).

"O São João é uma manifestação cultural com um grande potencial turístico para atrair visitantes brasileiros e estrangeiros interessados em conhecer melhor as tradições das festas juninas. Para isso estamos trabalhando para fortalecer esses festejos como produtos turísticos e prova disso é a inclusão deles no Calendário Nacional de Eventos", afirmou o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves.

Os maiores

Campina Grande (PB) e Caruaru (PE) disputam o título de quem faz o maior e melhor São João do Mundo e atraem multidões ao longo do mês de junho. São apresentações e atrações que vão dos ícones da cultura local aos grandes nomes da música nacional. Ainda no Nordeste, os festejos de São Luis (MA) também se destacam pelo rufar dos tambores e diferentes sotaques da música local em uma celebração que mistura festa junina com Boi-Bumbá.

Em Mossoró (RN), o espetáculo “Chuva de Bala no País de Mossoró” dá um toque especial à festa. Ao longo da programação junina, a cidade revive o o 13 de junho de 1927 (também dia de Santo Antônio), quando até as torres das igrejas serviram de trincheiras para enfrentar o bando de Lampião, que experimentou na ocasião sua primeira derrota após a própria população ter resistido, armada, contra o bando do famoso cangaceiro.

Nas demais regiões, as festas juninas adquirem características locais como o Forrozão Marajoara e Salvaterra na Roça (PA), Arraiá Caiçara (SP), Arraial Anaua e Macuxi (RR). Há ainda o São João do Cerrado (DF) e o Banho de São João de Corumbá (MS), ritual que termina com a condução da imagem do santo até o Rio Paraguai.

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE