Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
20 de Outubro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Fegasa destaca culinária regional e proporciona troca de experiências

Caline Galvão em 21 de Agosto de 2015

Fotos: Anderson Gallo/Diário Corumbaense

O IV Fegasa está valorizando a culinária regional e segue até domingo (23) com oficinas na sede do Sindicato Rural

O IV Festival Gastronômico Sabores das Américas (Fegasa) começou nesta sexta-feira (21), com uma oficina do chef Jimmy McManis. Foram convidados oito chefs de renome nacional e regional para apresentar ao público oficinas de culinária com comidas típicas de Corumbá. Com o tema “Eu como cultura e compartilho conhecimento”, a edição de 2015 pretende unir trocas de experiências, fomentar o turismo gastronômico e negócios no ramo. O evento é realizado pela Prefeitura de Corumbá, por meio da Fundação de Turismo do Pantanal, em parceria este ano com o Sebrae e o apoio do Sindicato Rural de Corumbá, da Secretaria de Assistência Social e  Fundação de Cultura.

Neste ano, o Fegasa valorizou os chefs regionais, ganhadores de prêmios e reconhecidos nacionalmente, além de chefs que são empresários. O conteúdo empresarial tem sido também passado durante a troca de experiências nas oficinas. Turistas vindos em caravanas de Aquidauana, Bonito e Miranda se juntaram aos corumbaenses que têm participado em grande número do festival. O número de inscritos bateu recorde: mais de 600.

Segundo o prefeito Paulo Duarte, é pretensão fazer do Fegasa um festival ainda maior, isso porque, em 2015, as inscrições bateram recorde ao ponto de não poder mais se inscrever pessoas que deixaram para procurar na última hora. Além disso, ele ressaltou que a gastronomia tem uma forte ligação com o turismo e a ideia agora é colocar um calendário específico para o Fegasa, justamente com o objetivo de atrair o turista, como também para oferecer visibilidade maior ao evento.

“Ele ganhou uma dimensão muito grande, então a ideia é ele não ficar mais junto com outro evento. Ano que vem nós vamos ter uma data específica somente para o Festival Gastronômico porque é uma forma de Corumbá ser mostrada, além de todos os atrativos que tem, também como destino de gastronomia. Os turistas gastam muito com alimentação e aqui tem uma riqueza muito grande de sabores e temperos”, comentou o prefeito.

O Fegasa foi aberto com uma oficina ministrada pelo chef Jimmy McManis, famoso por se apresentar no programa Mais Você, da Rede Globo. Ele foi convidado pela Prefeitura para ter a oportunidade de apresentar dois pratos. O primeiro, um hambúrguer chamado Jimmy Ogro, e em outra oficina, ele irá ensinar como fazer carne de porco desfiada com temperos típicos do Pantanal. Em Corumbá, Jimmy conheceu a diversidade de ingredientes e temperos da região pantaneira e destacou que as histórias que envolvem a culinária, como a da sopa paraguaia, que de um erro surgiu um “prato incrível”, segundo Jimmy, são elas que mais atraem o chef em suas viagens a serviço da gastronomia.

O famoso chef Jimmy McManis abriu o Festival Gastronômico

Jimmy afirmou ao Diário Corumbaense que iniciativas como o Fegasa, que surgem para valorizar a gastronomia regional, são de extrema importância para o turismo local. “Eu acho que essas iniciativas como do Fegasa são mais do que necessárias, acho que toda cidade deveria ter já como tradição um festival gastronômico. A cidade de Campos de Goytacazes, no Rio de Janeiro, vai ter o primeiro festival gastronômico em outubro e eu sei de muitas cidades que por causa da iniciativa de outras cidades estão começando a fazer. A gastronomia é um ingrediente muito importante para o turismo, é um contador de histórias. Você explica a história de um povo pela comida que existe naquele lugar. O Brasil existe por causa da comida, os portugueses não estavam procurando terra, estavam procurando tempero e vieram parar aqui. A comida é muito importante”, frisou.

A Fundação de Turismo do município tem trabalhado para que festival atraia cada vez mais turistas interessados em conhecer a culinária do Pantanal e investido na troca de ideias entre chefs e empresários do ramo da gastronomia. Por isso, a Fundação de Turismo fomenta esses encontros para que cada vez mais pessoas entendam o segmento e as potencialidades da região, descubram novas técnicas e passem para os chefs convidados as características da culinária pantaneira.

“A Fundação de Turismo fomenta esses encontros de capacitações, esse intercâmbio entre chefs, população local e turistas, principalmente percebendo que, além do reconhecimento da nossa identidade, a cultura alimentar, a gastronomia, esse intercâmbio de formas, de técnicas é tão importante para o turismo porque a alimentação é o segundo maior gasto que o turista tem em Corumbá”, afirmou Hélènemarie Dias Fernandes, diretora-presidente da Fundação. “Quanto mais inovadores, mais criativos e mais autênticos formos, e mais empreendimentos disponíveis na cidade nesse sentido, mais competitivos nos tornamos”, completou.

A bocaiúva, produto típico do Pantanal, está sendo representada nessa edição do Fegasa principalmente na parte da confeitaria. Na noite desta sexta-feira, todos os chefs serão reunidos e apresentados a todos os frutos, castanhas, peixes, quitutes e às comidas tradicionais de Corumbá, alémde algumas comidas bolivianas e paraguaias que têm muita influência na cultura corumbaense.

A jornalista da coluna Paladar, do jornal O Estadão, e a jornalista do Viagem e Gastronomia foram convidadas para estarem no Fegasa. O objetivo da Fundação de Turismo é que essas profissionais possam expor a gastronomia pantaneira e grandes veículos de comunicação do País e atrair visitantes a nível nacional.

O Festival Gastronômico segue até o domingo (23) na sede do Sindicato Rural, na avenida General Rondon.  

Galeria: Fegasa - 2015

Abrir Super Galeria
Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE