PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Acert: pesca esportiva tem segurança e cumpre normas portuárias em Corumbá

Da Redação com assessoria de imprensa em 27 de Setembro de 2023

Divulgação

Acert tem 20 embarcações associadas para o turismo de pesca

A segurança dos passageiros é um dos principais itens cumpridos pelos barcos-hotéis que operam com pesca esportiva em Corumbá, principal destino deste esporte de Mato Grosso do Sul. As 20 embarcações associadas à Acert (Associação Corumbaense das Empresas Regionais de Turismo) para navegar, cumprem todos os requisitos exigidos pela Capitania dos Portos, Anvisa, Imasul (Instituto do Meio Ambiente de MS) e Antaq (Agência Nacional de Transporte Aquaviário).

O turista ao contratar os pacotes diretamente com as empresas é informado de todas as normas para assegurar uma viagem tranquila, desde a parte operacional da embarcação, vistoriada periodicamente pela Marinha do Brasil, Anvisa e Imasul para checagem de licenças e equipamentos. Durante a pesca, o barco-hotel disponibiliza coletes, guias de pesca experientes e barcos em plenas condições de funcionamento e com poltronas confortáveis.

Divulgação

No fechamento do pacote para grupos ou individual, toda a documentação pessoal dos passageiros é exigida pelas empresas operadoras

“Buscamos, sempre, garantir uma pescaria que atenda todos os anseios do pescador esportivo. Não apenas a captura do peixe, mas, sobretudo, segurança pessoal e bom atendimento, dentro e fora da embarcação”, disse Luiz Martins, presidente da ACERT. “Nossa tripulação é capacitada, tem conhecimento e experiência no rio (Paraguai). Para garantir uma boa pesca ao amanhecer, geralmente a embarcação navega à noite, mas a ordem é não zarpar em condições adversas.”

Carteira do Pescador

No fechamento do pacote para grupos ou individual, toda a documentação pessoal dos passageiros é exigida pelas empresas operadoras, atendendo normas da Capitania dos Portos de Corumbá. A cada viagem, a empresa também remete ao órgão da Marinha a documentação pessoal e a habilitação dos membros da tripulação, bem como o dia e o horário da saída da embarcação. Após a pandemia, não é exigida a apresentação da carteira de vacinação.

No embarque dos passageiros, por determinação da Antaq, o check in é feito na sala da Agência Municipal Portuária, no Centro de Convenções (localizado às margens do Rio Paraguai), onde é feito também a etiquetagem das malas e tralha de pesca. Um documento indispensável para garantir uma pesca sem transtornos é a Carteira do Pescador, expedida pelo Imasul e pelo Ibama. A fiscalização nos rios é feita pela Polícia Militar Ambiental (PMA).

Mais informações:

www.acertms.com.br

Facebook.com/acert

Instagram.com/acertms/

Veja ainda:

Licença de pesca: 

www.pescaamadora.imasul.ms.gov.br

Cartilha do pescador: https://www.pm.ms.gov.br/wp-content/uploads/2023/02/CARTILHA-PESCADOR-2023.pdf

PUBLICIDADE