Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
20 de Setembro de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

"Sem tempo" durante a semana, pais procuram postos no Dia D de campanha de vacinação

Ricardo Albertoni em 18 de Agosto de 2018

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Isabele da Silva Barbosa de 4 anos estava entre as primeiras crianças vacinadas na Unidade de Saúde Padre Ernesto Sassida, no bairro Dom Bosco

Neste sábado (18) aconteceu em todo o País o Dia D da Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo. Das 08h às 16 horas, dezesseis postos ficaram abertos em Corumbá para atingir a meta de imunizar 7.135 crianças até 5 anos. 

As vacinas já são oferecidas pela rede municipal de saúde de segunda a sexta-feira nas salas de vacinação das unidades das 07h30 às 10h30 e das 13h30 às 16h30. No Dia D, logo no primeiro horário já era grande o movimento na Unidade de Saúde Padre Ernesto Sassida, no bairro Dom Bosco. Para muitos, a correria durante a semana impossibilita a atualização da carteirinha de vacinação das crianças, o que reforça a importância da ação no sábado.

Foi o caso de Arielen Costa Nunes Tinoco, 25 anos, que concilia os cuidados com a filha Alexia, de 1 anos seis meses, com o trabalho e os estudos. “A melhor coisa para uma mãe e um pai, é ver o filho bem e com saúde. Ela estava com as vacinas atrasadas, eu trabalho e estudo e pra mim é muito difícil conciliar, essa data é perfeita pra gente que trabalha”, explicou ao Diário Corumbaense.

Graziela Lígia da Silva, 36 anos, também fez questão de logo cedo levar a filha Isabele, de 4 anos. “É importante manter em dia a vacina das crianças. É tanta coisa que aparece que tem que se precaver”, afirmou.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

A meta de imunizar 7.135 crianças até 5 anos contra o sarampo e poliomielite

Os postos que ofereceram a imunização durante o Dia D foram: Ênio Cunha; Beira Rio; Luiz Fragelli; Gastão de Oliveira; Pedro Paulo 2; Popular Velha; Fernando Moutinho; Kadwéus; Nova Corumbá; Breno de Medeiros; Humberto Pereira; Rotary; Conjunto Padre Ernesto Sassida; São Bartolomeu; Vitória Régia e no Padre Ernesto (Dom Bosco), onde também funciona uma sala do posto Ênio Cunha.

A Secretaria Municipal de Saúde, estabeleceu uma parceria com o Rotary Club de Corumbá. “O Rotary tem uma parceria com o Ministério da Saúde numa ação mundial e trabalha há três décadas com o objetivo de erradicar a pólio no mundo todo. Em Corumbá temos agora essa parceria para o Dia D da Vacinação”, explicou o subsecretário de Saúde, Fábio Mandu.

“O Rotary vai sortear 18 bicicletas entre todas as crianças que forem vacinadas. O primeiro sorteio será dia 18, no Dia D. É só colocar o número da carteirinha no cupom e colocar na urna. Os demais sorteios vão acontecer ao longo da campanha, que vai até dia 31 de agosto, para todas as crianças que vacinarem possam participar”, disse o subsecretário.

Meta de 11,2 milhões

A meta do governo federal é imunizar 11,2 milhões de crianças e atingir o marco de 95% de cobertura vacinal nessa faixa etária, conforme recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Até a última terça-feira (14), no entanto, 84% das crianças que integram o público-alvo ainda não haviam recebido as doses.

Este ano, a vacinação é feita de forma indiscriminada, o que significa que mesmo as crianças que já estão com esquema vacinal completo devem ser levadas aos postos de saúde para receber mais um reforço.

No caso da pólio, as que não tomaram nenhuma dose ao longo da vida vão receber a vacina injetável e as que já tomaram uma ou mais doses devem receber a oral. 

Para o sarampo, todas as crianças com idade entre um ano e menores de 5 anos vão receber uma dose da Tríplice Viral, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.

Casos de sarampo

Atualmente, o país enfrenta dois surtos de sarampo - em Roraima e no Amazonas. Até a última terça-feira (14), foram confirmados 910 casos no Amazonas, onde 5.630 outros casos permanecem em investigação. Já em Roraima, são 296 casos confirmados e 101 em investigação. 

Há ainda, de acordo com o Ministério da Saúde, casos isolados e relacionados à importação nos seguintes estados: São Paulo (1), Rio de Janeiro (14), Rio Grande do Sul (13), Rondônia (1) e Pará (2). 

Até o momento, foram confirmadas no Brasil seis mortes por sarampo, sendo quatro em Roraima (três em estrangeiros e um em brasileiro) e dois no Amazonas (brasileiros). Com Agência Brasil e assessoria de comunicação da PMC. (matéria editada para atualização de informação)

Galeria: Dia D da vacinação contra a poliomielite e sarampo

Abrir Super Galeria
Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE