Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
18 de Setembro de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Consumidores devem ficar atentos na hora da compra do presente para o Dia dos Pais

Rosana Nunes em 09 de Agosto de 2018

Às vésperas do Dia dos Pais, celebrado no domingo, 12 de agosto, o Procon de Corumbá alerta que é essencial que o consumidor após decidir o  presente que deseja comprar, apure cada modalidade de pagamento que as lojas oferecem, como descontos, parcelamentos e ainda as taxas de juros mensal e anual, que devem estar afixadas em local de fácil acesso de forma legível e clara. Se houver diferença entre o preço na vitrine e o preço afixado no produto, prevalece o menor preço.

O consumidor deve certificar-se na loja a possibilidade de troca se o presente não agradar ou não servir, esta informação deve constar na etiqueta do produto. O prazo de garantia é de 30 dias para os produtos não-duráveis (calçados, roupas) e 90 dias para os duráveis (eletrodomésticos, veículos, máquinas, celulares, equipamentos eletrônicos etc).

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Dia dos Pais é celebrado no próximo domingo

Um dos itens mais procurados é o celular. O aparelho deve ser sempre adquirido em lojas autorizadas. Isso garante a procedência e habilitação. O produto deve estar lacrado e dentro da embalagem original possuir uma rede autorizada para assistência técnica, manual de instrução e o termo de garantia contratual. O consumidor deve ficar atento às promoções, pois muitas delas oferecem a troca ou a compra de um aparelho de celular, geralmente bem mais em conta, mas vinculada a, por exemplo, um pacote de serviços com contrato de fidelização.

Para quem está pensando em comemorar com o pai em algum restaurante ou pizzaria, o Procon Corumbá também alerta sobre as taxas de serviços que são opcionais, o cliente escolhe se vai pagar ou não.

Pesquisa

Pesquisa sazonal do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS (IPF-MS), realizada em parceria com o Sebrae-MS, aponta que o Dia dos Pais deve movimentar R$ 136 milhões na economia de Mato Grosso do Sul este ano, sendo R$ 73,47 milhões destinados a presentes e R$ 62,59 milhões às comemorações. O levantamento foi realizado em julho em sete municípios do Estado (Campo Grande, Corumbá, Ladário, Bonito, Dourados, Ponta Porã e Três Lagoas), e ouviu 1.484 pessoas, com nível de confiança de 95% e margens de erro que variam entre 5% e 7%. 

Em Corumbá e Ladário, o Dia dos Pais vai movimentar cerca de R$ 3,8 milhões. Pouco menos de cinquenta por cento dos entrevistados (44,78%) disseram que irão presentear e vão gastar em média R$ 135,96. Entre os que vão presentear, as preferências são as roupas (36,62%), seguidas pelos perfumes/cosméticos (14,46%) e calçados (14,46%). A maioria dos entrevistados afirma que vai realizar a compra na semana do Dia dos Pais (74,04%), preferencialmente nas lojas do centro (71,8%), utilizando o dinheiro como forma de pagamento (54,89%). Na hora da compra, o consumidor vai levar em consideração o produto (33,69%), preço (25,97%) e o atendimento (28,01%). Com informações da Fecomércio e da assessoria de comunicação da PMC.

Ações e Compartilhamento
Entre em contato com o autor
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE